Macaé News
Cotação
RSS

Curso de Engenharia de Produção da FeMASS obtém nota máxima no Enade 2019

Publicado em 21/10/2020 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


O curso de Engenharia de Produção (EP) da Faculdade Municipal Miguel Ângelo da Silva Santos (FeMASS) obteve o conceito máximo (nota 5) no exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade), na última avaliação referente ao ano de 2019. O resultado do Relatório de Instituições de Ensino Superior foi divulgado ontem (terça-feira, dia 20) pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira do Ministério da Educação (Inep/MEC). A faculdade já formou 368 alunos engenheiros de produção para o mercado de trabalho desde a primeira turma, formada no primeiro semestre de 2012.

O Enade é um dos pilares do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), criado pela Lei nº 10.861, de 14 de abril de 2004, possibilitando a construção de políticas públicas para o ensino, pesquisa e extensão no país e, segundo o Inep, o objetivo é contribuir para a permanente melhoria da qualidade do ensino oferecido no país. O resultado foi divulgado por meio da Diretoria de Avaliação da Educação Superior (Daes), do Inep/MEC.

Dentre os critérios avaliativos do Enade, destacam-se: análise do perfil do coordenador de curso; análise sobre a percepção do coordenador e dos estudantes sobre o processo de formação ao longo da graduação; e análise do desempenho linguístico dos concluintes a partir das respostas discursivas na prova de Formação Geral.

“Saber que o curso de Engenharia de Produção da FeMASS recebeu nota máxima no Enade me enche de orgulho e satisfação. Parabéns a essa instituição jovem que colhe bons frutos de um trabalho sério e eficaz. E parabéns aos alunos que assim como eu puderam ter o privilégio de estudar nesse lugar maravilhoso”, disse o ex-aluno do curso EP FeMASS, formado na segunda turma, no ano de 2014, o petroleiro Tiago Louback, atualmente, mestrando da primeira turma do curso de Pós-Graduação de Mestrado Profissional em Ambiente, Sociedade e Desenvolvimento do Instituto de Biodiversidade e Sustentabilidade (PPGPROASD/Nupem/UFRJ).

Ele acrescentou que tem ótimas recordações do tempo que estudou na FeMASS. “Professores experientes e dedicados, alunos interessados e todo um corpo técnico que focavam no mesmo objetivo: fazer da FeMASS uma grande faculdade com alunos que se destacassem no mercado de trabalho e que a mesma fosse uma referência em ensino de excelência. A FeMASS é uma faculdade singular por ser municipal, mas nem por isso menos competente. Entrei na segunda turma de Engenharia de Produção oferecida e tenho ótimas recordações”, concluiu.

“A cada dia orgulho-me mais do grupo que faço parte e, a cada um que, de uma maneira especial, vem somando para que sejamos uma instituição sólida e com bons frutos nosso muito obrigada. Este é o  resultado de um esforço coletivo: dos nossos alunos que bravamente encararam o processo com seriedade e demonstraram os conhecimentos construídos; de todos os professores que não se omitiram no compartilhamento de seus saberes e no acolhimento humanitário de seus alunos; do coordenador Evaldo, que com toda sua seriedade e carinho soube conduzir o trabalho, fazendo com que os brilhos individuais formassem “o” grupo de EP; dos nossos servidores administrativos e de apoio porque sem eles não chegaríamos também a lugar nenhum. E que continuemos sempre na busca de resultados que, verdadeiramente, demonstrem o valor da equipe”, destacou a diretora da FeMASS, professora Cláudia Leite.

O coordenador do curso, professor Evaldo de Azevedo Moreira, também avaliou com felicidade este resultado. “O conceito 5 no Enade é resultado do empenho e dedicação de uma equipe coesa de profissionais qualificados – direção, coordenação, professores, secretaria e equipe de apoio. Vale destacar a dedicação e esforço dos nossos alunos que, em sua maioria, possui um perfil de trabalho durante o dia e, à noite, estuda”, comemorou.

Conheça o curso

O curso de Engenharia de Produção da FeMASS foi criado em 2007, tem duração de 5 anos e, atualmente, possui 426 alunos matriculados. O curso é presencial e predominantemente noturno, estando com aulas virtuais neste momento por força de decreto municipal devido à pandemia do coronavírus. No último processo seletivo, cujas inscrições se encerraram no dia 9, foram 238 novos alunos inscritos que vão concorrer às 50 vagas ofertadas para o primeiro semestre letivo de 2021 via notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Nos últimos anos, a média tem sido de 5, 6 candidatos/vaga.

O curso de Engenharia de Produção tem como objetivo geral a formação de profissionais habilitados no desenvolvimento de projeto, operação, gerenciamento e melhoria de sistemas de produção de bens e serviços, integrando aspectos humanos, econômicos, sociais e ambientais em benefício do município de Macaé, visando ao desenvolvimento local e regional.

Os egressos do Curso de Engenharia de Produção da FeMASS, com habilidades e conhecimentos tecnológicos adquiridos no curso, podem atuar no ramo industrial, no controle e aumento da eficiência da qualidade dos processos, operando desde a logística de captação da matéria-prima até a distribuição dos processos, implantando e acompanhando os sistemas produtivos, capazes de interagir com equipes multidisciplinares nas seguintes áreas: operações, planejamento, logística, marketing, projetos e financeiros.

A FeMASS está localizada no bloco A da Cidade Universitária, à Rua Aloísio da Silva Gomes, 50, bairro Granja dos Cavaleiros.

› FONTE: Secom Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário