Macaé News
Cotação
RSS

Projeto de valorização do produtor rural apoiado pelo Governo do Estado recebe prêmio

Publicado em 28/05/2014 Editoria: Economia sem comentários Comente! Imprimir


O projeto Desenvolvimento Rural Sustentável, desenvolvido no município de Casimiro de Abreu, na região das Baixadas Litorâneas, levou o primeiro lugar na categoria ‘Pequenos Negócios no Campo’, do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor 2014. Apoiado pelo Governo do Estado, o projeto deu aos produtores do município o direito de comercialização em um espaço exclusivo no Mercado de Colubandê, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio.

O Desenvolvimento Rural Sustentável realizou uma série de ações integradas, voltadas para a área rural, que contribuíram para melhoria da qualidade de vida de 300 famílias do campo que vivem em Casimiro de Abreu.

Na parceria com a Ceasa-RJ, vinculada à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Regional, Abastecimento e Pesca, cerca de 20 toneladas de alimentos, como aipim, inhame, batata doce, jiló e banana chegam semanalmente ao Mercado de Colubandê, permitindo um lucro de pelo menos 40% a mais para o agricultor.

Morador da comunidade Ribeirão, o produtor Airis Heringer foi um dos primeiros a levar seus produtos para a venda direta na unidade de São Gonçalo.

- É muito bom poder contar com esse espaço onde comercializamos a preços melhores, com nossa mercadoria esgotando em menos de uma hora. Uma caixa de aipim, que na roça é vendida ao atravessador por R$ 15,00, na Ceasa chega a bater R$ 25,00. Esta parceria nos permite investir mais e diversificar a nossa plantação. Já aumentei a área de cultivo do aipim e plantei pimentão, tipo de lavoura que dá mais lucro - explicou.

Para o secretário de Desenvolvimento Regional, Abastecimento e Pesca, José Bonifácio, o projeto destaca a importância dos trabalhadores rurais.

- Temos um grande respeito e valorizamos muito os trabalhadores rurais. A parceria da Ceasa com a prefeitura só reafirma esse compromisso que temos em fomentar a agricultura familiar não só na região das Baixadas Litorâneas, mas no estado como um todo - disse.

No dia 3 de junho, o projeto Desenvolvimento Rural Sustentável disputa a etapa nacional da premiação, em Brasília.
 

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário