Macaé News
Cotação
RSS

Cantora de Rio das Ostras vence competição de composição musical de âmbito nacional

Publicado em 17/09/2020 Editoria: Cultura sem comentários Comente! Imprimir


A região norte fluminense está muito bem representada quando o assunto é música. Prova disso é a cantora Thati Dias, que garantiu o prêmio no Festival TOCA – Toda Canção 2020, realizado pela Sarau Agência. A artista apresentou a música "Desconforto", que se destacou entre as mais de 1500 inscrições realizadas.

A canção foi criada logo no início da pandemia e expressa com propriedade um misto de sentimentos, que boa parte da sociedade sentiu. "Tive apoio de muita gente em quem confio e uma motivação muito forte a partir da música que eu havia construído num momento caótico de início de uma pandemia. Acho que a música que fiz expressa um sentimento particular e ao mesmo tempo coletivo. Para mim foi incrível que essa letra tenha sido escutada por tanta gente. E devo isso ao apoio de todo mundo que me ajudou”, relatou a cantora.

Thati Dias faz parte da banda Abufela!, mas acabou participando do concurso sozinha, devido às regras. Ela contou que com a pandemia e o isolamento social, ela e sua banda foram em busca de vários editais e o Festival TOCA foi um deles. O TOCA era voltado para compositores e tinha inscrição individual, cada integrante da banda inscreveu a sua própria canção. Foram 1557 inscrições de todo o Brasil, todas composições inéditas, e a música da cantora passou por 50 semifinalistas, 13 finalistas, até ficar entre os três vencedores. Além de “Desconforto”; “Lágrima”, de Bruno Barreto e Thiago da Serrinha, e “Apnéia”, de Lívia Mattos, também foram vencedoras.

“Achei maravilhoso o empenho da organização em mostrar que a composição no Brasil segue viva e forte. Conheci muita gente boa no Festival e tive a possibilidade de ver uma composição minha sendo reconhecida pela comissão e por várias outras pessoas”, comemorou a cantora.

Para Thati, representar a região foi uma grande responsabilidade. Ela disse que se sente emocionada em saber que conta com tanto apoio. "Quando percebi que iria me dedicar à música, que era nela que eu me sentia confortável para me expressar, cantando e compondo, recebi de Rio das Ostras todo apoio para continuar, tanto da família, quanto de amigas e amigos. Foi lá onde voltei a estudar música depois de muito tempo de resistência a essa prática. Estudei no centro de formação artística da cidade, fiz meus primeiros shows, ganhei meu primeiro prêmio em festival, além de tantas outras conquistas” contou.

Quem é Thati Dias?

Thati Dias é macaense, mas atualmente vive e atua como cantora em Rio das Ostras. Desde muito pequena integrava corais infantis na igreja e aos seis anos já fazia apresentações solo em corais. Fez aulas de técnica vocal e teoria musical e desde cedo já ouvia Marisa Monte, Cássia Eller, Tom Jobim, Elis Regina, entre outros cantores, compositores, intérpretes da música brasileira que influenciaram diretamente o seu trabalho.

  Em 2016, foi uma das seis pessoas selecionadas pelo Centro de Formação Artística de Rio das Ostras para o curso básico de canto oferecido pelo mesmo. Neste mesmo ano realizou apresentações tanto individuais quanto em grupo pelo Centro de Formação.

Já em dezembro de 2016, atuou como solista na peça Lisbela e o Prisioneiro – peça dirigida e adaptada por Poliana Lott e com direção musical de Luiz Felipe Oliveira. Em paralelo às atividades no Centro de Formação, começou a atuar na cena musical de Rio das Ostras como cantora profissional e compositora, tendo realizado shows em vários locais e eventos de incentivo à música na cidade.

› FONTE: RJ News


sem comentários

Deixe o seu comentário