Macaé News
Cotação
RSS

Literarte estimula potencialidades de alunos da rede municipal

Publicado em 26/05/2014 Editoria: Cotidiano sem comentários Comente! Imprimir


Maurício Porão

Maurício Porão

Para estimular a potencialidade, habilidade e criatividade dos alunos, 43 escolas da rede municipal de Educação participaram do projeto Literarte, neste sábado (24). O evento aconteceu na praça Veríssimo de Mello e em algumas escolas, que optaram por realizar um dia letivo em suas dependências. Pais e visitantes apreciaram apresentações de dança, teatro e outros trabalhos como cartazes e maquetes nos estandes. 
 
No Colégio Neusa Goulart, na Barra de Macaé, a programação contou com apresentações de hip hop e presença do poeta Euclides Amaral. “Nossa proposta é criar um espaço de interação com os estudantes e aproximá-los da literatura oral como a música e a literatura acadêmica. Além disso, eles têm uma oportunidade de conhecer um autor e perceber que não estamos somente nos livros”, ressaltou Euclides. 
 
O encontro teve ainda atividades como coral em libras dos alunos da Escola Municipal Parque Maria Angélica, na Aroeira, e paineis sobre Africanidade. O público prestigiou também a oficina de turbante, produção dos alunos do Colégio  Municipal Ivete Santana, na Serra. 
 
A secretária de Educação, Lúcia Thomaz, afirmou que o projeto visa incentivar o estudo da literatura e estimular a valorização do saber, por meio de manifestações culturais. “Os pais, educadores e visitantes da feira apreciaram diversificados trabalhos produzidos pelos alunos das unidades e ainda revelamos talentos", frisou. 
 
Os trabalhos que foram produzidos pelos alunos das modalidades de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio, no decorrer dos últimos meses, tiveram orientação de professores e dirigentes municipais, que cadastraram as escolas participantes até o último dia 16 de maio. Para elaboração dos trabalhos, professores e alunos, se envolveram em pesquisas e estudos dirigidos diante das disciplinas de Geografia, Língua Portuguesa, Artes e Literatura. 
 
- Trabalhar com essas crianças e mostrar que podemos seguir com dignidade na nossa vida é muito gratificantes. As ações de hip hop fazem parte do projeto Mais Educação -, explicou o professor Pedro Henrique Gomes. 
 
O Colégio Municipal Paulo Freire, no Lagomar, que enfatizou a vida e obra do cantor Dorival Caymmi. Os alunos da unidade realizaram trabalhos como cartazes com ilustrações sobre o cantor, além de materiais feitos em sucata como piano, barquinhos, violão e pandeiros, que fazem parte da vida do artista.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário