Macaé News
Cotação
RSS

HPM realiza segunda captação de órgãos este mês

Publicado em 18/08/2020 Editoria: Saúde sem comentários Comente! Imprimir


A doação de órgãos só pode ocorrer com autorização da família

A doação de órgãos só pode ocorrer com autorização da família

O Hospital Público Municipal de Macaé (HPM) realizou nesta terça-feira (18) a segunda captação de órgãos do mês de agosto. A ação foi realizada pela Comissão Intra-hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT), em parceria com o Programa Estadual de Transplante (PET) e a Organização Procura de Órgãos (OPO) de Itaperuna (RJ). Esse foi o sexto procedimento feito no HPM em 2020.

A equipe multidisciplinar que integra a CIHDOTT ressalta que, mesmo diante da pandemia da Covid -19, os profissionais continuam envolvidos na missão de salvar vidas. "Todo esse trabalho só é possível com a sensibilidade e a autorização dos familiares dos doadores", agradeceram.

A primeira captação de órgão de agosto aconteceu no dia 10. O doador foi um jovem de 23 anos que sofreu acidade de moto e teve Traumatismo Craniano Encefálico (TCE) e, posteriormente, foi diagnosticado com morte encefálica. Foram doados os rins, fígado e córnea.

A captação da madrugada de terça (18) foi de um homem de 48 anos que teve um Acidente Vascular Cerebral Hemorrágico (AVC) e depois constatada a morte encefálica. Foi captado o fígado do doador.

Doação - A doação de órgãos só pode ocorrer com autorização da família, após a realização de exames neurológicos que identifiquem a ausência de atividade cerebral (morte encefálica). Os órgãos que podem ser doados por pessoas mortas são: córnea, rim, fígado, coração, pulmão, pâncreas e fêmur. Os órgãos são transplantados em pacientes que estão inscritos na lista de espera.

› FONTE: Secom Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário