Macaé News
Cotação
RSS

Guarda Civil Municipal de Rio das Ostras fiscaliza cumprimento de Decreto

Publicado em 05/08/2020 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


Para que comerciantes possam continuar seus trabalhos é primordial que a população entenda o momento que estamos vivendo. Com o crescente aumento de casos do novo Coronavírus, o Município teve que regredir no sistema de bandeiras. Por esse motivo, também se fez necessário que os órgãos fiscalizadores da Prefeitura atuassem no último final de semana para verificar se a população está respeitando os Decretos Municipais.

A Operação contou com a atuação da Guarda Civil Municipal, Coordenadoria de Fiscalização e Postura – Comfis, policiais militares do Programa de Integração na Segurança (Proeis) e uma viatura da 3ª Cia do 32º batalhão de Polícia Militar. A ação será intensificada todos os dias.

Durante os três dias do final de semana, 12 estabelecimentos foram notificados, três ambulantes que não eram do Município tiveram suas mercadorias confiscadas. Também foi apreendido mesas e cadeiras de comerciantes que resistiram em não cumprir o Decreto.

Atuação nas praias- Foi realizado um planejamento juntamente com a Coordenadoria de Fiscalização e Postura – Comfis, para coibir que moradores desobedeçam ao decreto e frequentem as praias. Foram colocados GCMs na Praia da Joana, e fechada a entrada da Praia das Areias Negras. Em Itapebussus, GCMs orientaram banhistas a voltar para casa e foi feito o fechamento no trevo com cavaletes e agentes. Guardas do Grupamento de Operações Especiais (GOE), Comfis e uma viatura com caixa de som e reboque trabalharam em Costazul. No centro, teve atuação de policiais do Programa de Integração na Segurança (Proeis), mais um carro com caixa de som e uma viatura da Comfis fiscalizaram bares e quiosques, verificando quanto a questão do consumo de bebidas que não pode ser feito no local.

À noite, todas as viaturas saíram em comboio para verificar denúncias nas localidades de Nova Cidade, Nova Esperança e Cantagalo. Os estabelecimentos foram orientados e fechados. Vale salientar que os comerciantes que estiverem descumprindo o Decreto serão levados para a delegacia e responderão ao crime de desobediência, previsto no artigo 330 do Código Penal, cuja pena é de detenção de até seis meses e multa.

A conscientização da população é primordial para conter o avanço do vírus. A colaboração de todos em respeitar os decretos e as medidas preventivas são fundamentais para que o comércio possa reabrir e para que a vida volte o mais rápido possível a normalidade.

Saia de casa somente se necessário, não se esqueça de usar a máscara facial e mantenha o distanciamento mínimo de um metro e meio. Lave bem as mãos com água e sabão e se possível utilize álcool gel 70%.

› FONTE: Ascom RDO


sem comentários

Deixe o seu comentário