Macaé News
Cotação
RSS

Rio das Ostras incentiva consumo por delivery nos comércios locais durante Bandeira Laranja

Publicado em 31/07/2020 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


Diante da situação de Bandeira Laranja decretada pela Administração Municipal de Rio das Ostras no último sábado, 25, que estabelece regras mais restritivas para as atividades comerciais da Cidade, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo incentiva a população que utilizem serviços de Delivery dos comércios locais e consumam dos pequenos negócios de bairro.

Nestes últimos quatro meses, segundo dados de pesquisa do Sebrae, a queda média de faturamento dos pequenos negócios chegou a mais de 60% no País, agravando ainda mais as dificuldades que já se apresentavam antes da crise. Consequentemente, devido à redução de custos com pessoal, gerou a alta do desemprego.

Os pequenos negócios representam mais de 90% das empresas no Brasil e não é diferente em Rio das Ostras. Por isso, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo tem incentivado o consumo em comércio local, principalmente pelo sistema de delivery que favorece a determinação de que a população fique em casa. “Sabemos o quanto o comércio está sofrendo em todo Brasil, e acompanhamos de perto esta situação em Rio das Ostras, que passa pelas mesmas dificuldades. Queremos muito que a população entenda que depende do comportamento de todos nós para que possamos flexibilizar a abertura, e estamos unidos nas dores dos empresários. Fizemos o Festival Delivery de Gastronomia, estamos em conjunto com a Assessoria de Comunicação e Tecnologia da Informação, trabalhando para lançar uma plataforma digital para venda do nosso artesanato, lutamos para conseguir o Auxilio Emergencial para ambulantes, feirantes e artistas, e na medida do possível incentivamos o consumo pelo delivery nos pequenos negócios de bairro”, disse Aurora Siqueira, secretária de Desenvolvimento Econômico e Turismo.

A Administração Municipal entende a questão econômica, mas está impossibilitada de flexibilizar a reabertura do comércio pelas autoridades sanitárias, devido ao aumento de casos confirmados nos últimos 15 dias.

Para se adaptar a esta realidade, a maioria dos comércios aderiu aos meios digitais para continuar trabalhando. A mesma pesquisa do Sebrae aponta que o comércio varejista lançou mão das vendas online de produtos e serviços essenciais e o delivery como estratégias. “Quem ainda não vendia pela internet, se adaptou, e essa é a solução mais acertada, primeiramente para garantir os negócios e também para manter as pessoas em casa”, explicou Aurora.

Os comércios estão usando as redes sociais para o atendimento ao público, e assim colaborando com o isolamento social. Caso não consiga o produto ou serviço desejado pela internet, a ideia é priorizar a compra dos pequenos negócios de bairro para que o tempo de permanência nas ruas seja menor, e não tenha necessidade de utilizar o transporte público. Com isso, a economia local permanece girando.

Veja como está o funcionamento do comércio de Rio das Ostras na Bandeira Laranja por este link

Para denunciar o descumprimento das determinações a Administração Pública informa os seguintes canais: Procon (das 8h às 17h) – (22)2771-6581 e faleprocon@gmail.com / COMFIS (das 9h às 17h) – (22)2760-6891 / Guarda Civil Municipal (24h) – (22)2760-6236 e 0800 022 6301

› FONTE: Ascom RDO


sem comentários

Deixe o seu comentário