Macaé News
Cotação
RSS

Número de atendidos do projeto Promoção Humana, da Igreja de Sant’Anna, aumenta 60%

Publicado em 09/07/2020 Editoria: Assistência Social sem comentários Comente! Imprimir


Igreja Sant'Anna doou cerca de 10 toneladas de alimentos em 3 meses

Igreja Sant'Anna doou cerca de 10 toneladas de alimentos em 3 meses

Há 15 anos o projeto Promoção Humana da Igreja de Sant’Anna ajuda a comunidade do seu entorno que vive em vulnerabilidade social. Com a pandemia do COVID-19 o número de assistidos aumentou 60%. De acordo com a coordenadora do projeto, Jucilaine Sueiro, as pessoas estão mais solidárias nessa fase de distanciamento social e o projeto já doou cerca de 10 toneladas de alimentos e produtos de limpeza durante os três últimos meses, sem contar outras demandas que chegam, como gás, medicamentos, conta de luz, roupas, cobertores, entre outras necessidades.   

“Eu vejo que as pessoas estão mais solidárias sim e o amor está prevalecendo. Elas estão olhando mais para os que não têm e doando de coração, sem miséria. Vejo muitas pessoas indo comprar produtos para doar, seja cesta básica, roupas, cobertores. Elas não estão doando aquilo que tem em casa e não querem, as pessoas estão dividindo o que tem, como os primeiros cristãos faziam”, revelou.

Jucilaine contou que além das doações da população, o projeto ganhou o reforço do Forte Marechal Hermes. “O exército brasileiro participou de diversas doações no país e o provedor da Igreja de Sant’Anna, José Antônio Sueiro, é sargento do exército aqui em Macaé. Ele apresentou o projeto da Promoção Social ao comandante Geovane Campos e a igreja foi contemplada com uma doação expressiva de alimentos do quartel”, disse.

Para garantir cerca de 3,5 toneladas de alimentos e produtos de limpeza por mês a equipe do projeto trabalha ativamente nas redes sociais, grupos de amigos, faz rifas, recebe doações de instituições e atualmente estão vendendo uma caixa de produtos julinos, que será entregue neste sábado (11 de julho) e, para o dia 26 de julho, já estão vendendo uma cesta de guloseimas em homenagem ao Dia da Avó, todas no valor de R$ 50,00.

Débora de Oliveira Maleiros da Silva recebe a cesta básica da Igreja de Sant’Anna e declarou que ela é indispensável nesse momento para a sua família. “Estamos vivendo um momento triste de desemprego e eu só tenho a agradecer à Igreja de Sant’Anna. Vejo que todos que recebem essa cesta saem felizes no dia da entrega, é uma alegria contagiante. Muitas pessoas podem pensar que é só uma cesta básica, mas para mim não, está me ajudando muito e ajudando toda a comunidade. Nesse momento meu marido está desempregado e essa cesta representa muito na minha vida”, afirmou.

Jucilaine contou ainda que o projeto está construindo duas casas para duas famílias carentes, que não tinham como levantar os cômodos e que viviam em situação de risco na comunidade.

Jornalista: Tathiana Campolina

Fotos: Arquivo do projeto Promoção Humana

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário