Macaé News
Cotação
RSS

Macaé: vacinação contra gripe continua

Publicado em 26/05/2020 Editoria: Saúde sem comentários Comente! Imprimir


A vacina é trivalente, ou seja, protege contra três tipos de Influenza: A (H1N1), A (H3N2) e B

A vacina é trivalente, ou seja, protege contra três tipos de Influenza: A (H1N1), A (H3N2) e B

A Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza continua até o dia cinco de junho. A Secretaria de Saúde de Macaé reforça a importância da imunização dos grupos prioritários. A vacina é trivalente, ou seja, protege contra três tipos de Influenza: A (H1N1), A (H3N2) e B. Neste ano, a campanha começou com um mês de antecedência, no dia 23 de março.

Nesta última etapa o foco da vacinação são professores e pessoas entre 55 e 59 anos, sendo este último público incluído pela primeira vez na campanha.

Todas as pessoas que fazem parte do grupo prioritário, definido pelo Ministério da Saúde, e que ainda não foram vacinadas nas fases anteriores, como idosos, profissionais de saúde, portadoras de doenças crônicas não transmissíveis, entre outros, podem receber a dose até o final da campanha.

Postos de vacinação

As pessoas cadastradas nas unidades de Estratégia Saúde da Família (ESF) devem procurar a mais próxima de sua residência. Os demais podem se dirigir ao posto volante, que fica na EMEI José Augusto Abreu (antigo endereço da Casa da Criança e do Adolescente), de 10h às 16h.

A Casa da Vacina retornou com a vacinação de rotina para crianças e continua com a imunização para gripe. Com este retorno das atividades normais, são distribuídas 100 senhas diariamente, a partir das 8h.

A primeira fase da Campanha Nacional, que teve início em 23 de março, foi dirigida aos idosos acima de 60 anos, trabalhadores da saúde. Já a segunda fase teve como público-alvo profissionais das Forças de Segurança e Salvamento, pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais independe da idade, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade e funcionários do sistema prisional.

› FONTE: Secom Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário