Macaé News
Cotação
RSS

Telexfree suspende atividades

Publicado em 17/05/2014 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


A Telexfree anunciou a suspensão das atividades comerciais por tempo indeterminado. Em nota publicada em seu site, a empresa diz não saber se conseguirá convencer a Justiça americana sobre a viabilidade do negócio, acusado de ser uma pirâmide financeira bilionária disfarçada de venda de telefonia VoIP.

"Nós continuamos a acreditar fortemente no VoIP da Telexfree e no modelo de vendas diretas. Na situação, entretanto, nós não sabemos quando ou se vamos ser capazes de convencer a Corte de Recuperações e outros órgãos legais do valor do nosso serviço de VoIP e do potencial de novos produtos da Telexfree, e da viabilidade do negócio Telexfree", diz nota publicada no site da empresa.

Decisão americana já restringia atividades da empresa

Na prática, a Telexfree já estava com atividades bloqueadas por uma ordem da Corte Distrital de Boston de 16 de abril, a pedido da Securities and Exchange Comission (SEC, a Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos).

A acusação da SEC é que a Telexfree se sustenta das taxas de adesão cobradas dos divulgadores – de US$ 299 (R$ 135)  a US$ 1.375 (R$ 3.039) – e não da venda de telefonia VoIP.

O pedido de recuperação judicial que a Telexfree menciona na nota foi feito dois dias antse do bloqueio pela Justiça americana. Para a secretaria de Estado de Masschusetts, onde fica a sede da empresa, a solicitação é apenas uma manobra para dificultar o ressarcimento dos divulgadores.

Documentos da Telexfree obtidos pelas autoridades americanas apontam que a empresa arrecadou cerca de US$ 1,2 bilhão (R$ 2,6 bilhões) em todo o mundo, a partir de 2012, quando suas atividades ganharam corpo.  No Brasil, as contas da companhia receberam cerca de US$ 446 milhões (R$ 988 milhões)

O braço brasileiro da Telexfree foi proibido atuar em junho de 2013, por uma decisão da 2ª Vara Cível do Acre.  entretanto, residentes no País puderam continuar a se cadastrar.

A Telexfree foi criada pelo brasileiro Carlos Wanzeler e pelo americano James Matthew Merrill em 2002, nos Estados Unidos. Merrill está preso e Wanzeler fugiu para o Brasil em abril.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário