Macaé News
Cotação
RSS

Placas indicam a qualidade da água das praias de Macaé

Publicado em 16/05/2014 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


A Prefeitura de Macaé firmou parceria com o Instituto Estadual do Ambiente (Inea), órgão responsável pela análise e divulgação dos dados relativos à balneabilidade das praias do município. O objetivo é colaborar para que essas informações cheguem aos frequentadores da orla. Neste mês, os banhistas já vão contar com placas indicativas nos treze pontos avaliados pelo Inea. Uma equipe da Coordenadoria de Biodiversidade, Gestão das Águas e Território irá monitorar e substituir as indicações quinzenalmente, periodicidade de divulgação das análises.

As placas já foram colocadas nas praias do Pecado, do Forte, de Imbetiba e Campista. Até o final deste mês as demais serão instaladas a partir da praia da Barra. Os treze pontos analisados vão receber indicação sobre a balneabilidade: um da praia dos Cavaleiros, dois na Campista, um na do Pecado, um na Lagoa de Imboassica (na praia das Pedrinhas), dois na da Imbetiba, um na do Forte, dois na da Barra, um na do Aeroporto, um na do Barreto e um na do Lagomar.

De acordo com o último relatório do Inea, do dia 6, Macaé apresenta oito pontos próprios para banho e cinco impróprios. As praias do Forte, da Barra, do Aeroporto (próximo ao Bar do Coco) e a de Imbetiba (altura da avenida Elias Agostinho, 500) não são recomendadas.

Para o coordenador de Biodiversidade, Gestão das Águas e Território, Sávio Magaldi, as condições da água estão melhorando em consequência do trabalho de esgotamento sanitário realizado no município. “A Estação de Tratamento de Esgoto do Mutum (ETE-Mutum) eliminou as línguas negras nas praias do Pecado, Cavaleiros e Campista. Elas eram as principais responsáveis pela contaminação da água. Também o movimento das marés incide na balneabilidade”, disse.

Sávio Magaldi ressalta que a participação da população é essencial para a excelência do trabalho da equipe de Recursos Hídricos. “Buscamos uma interação com os usuários. Queremos que eles se apropriem desses espaços e nos comuniquem caso percebam manchas incomuns e objetos estranhos nas águas. Também que denunciem a depredação das placas ou a sua ausência, por meio do telefone 2773-3318. Isso melhorará o serviço prestado à população”, destacou.

Antes da parceria entre a Prefeitura e o Inea, os banhistas contavam apenas com o portal do instituto para consulta. A balneabilidade das praias pode ser verificada no link http://www.inea.rj.gov.br/cs/groups/public/documents/document/zwff/mda5/~edisp/inea_009123.pdf

Além da gestão dos Recursos Hídricos do município, a nova coordenadoria, criada em outubro do ano passado e instalada em sede própria na Lagoa, é constituída pelos setores: Fauna Silvestre, Gerenciamento Costeiro, Resíduos e Educação Ambiental.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário