Macaé News
Cotação
RSS

Rio contrata 618 profissionais de saúde para atuarem em 12 unidades

Publicado em 28/03/2020 Editoria: Saúde sem comentários Comente! Imprimir


A Secretaria de Estado de Saúde do Rio (SES) contratou 618 profissionais que começam a atuar partir do próximo sábado (4) na rede de saúde, com a finalidade de conter a disseminação do novo coronavírus no estado. As vagas serão distribuídas em 12 unidades administradas pela Fundação Saúde. Médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, biólogos, farmacêuticos e demais contratados reforçarão as equipes das unidades de atendimento.

Para o secretário de Estado de Saúde, Edmar Santos, a agilidade na contratação de novos profissionais é de grande importância para preencher a necessidade de maior número de atendimentos aos pacientes da covid-19.

“Estamos passando por um momento de exceção. Nenhum sistema de saúde no mundo está preparado para o aumento expressivo da demanda por atendimento de emergência. Por este motivo, estamos trabalhando para ampliar o quadro de profissionais atuantes o mais breve possível”, disse o secretário.

Os profissionais aprovados no último concurso da Fundação serão divididos nas categorias: médico; assistente social; biólogo; engenheiro de segurança do trabalho; físico nuclear; odontólogo; farmacêutico; fonoaudiólogo; nutricionista; psicólogo; técnico em farmácia; técnico de laboratório; enfermeiro; técnico em saúde bucal e técnico de enfermagem.

Eles serão distribuídos nas seguintes unidades: Instituto de Hematologia Arthur de Siqueira Cavalcanti (Hemorio); Instituto Estadual de Diabetes e Endocrinologia Luiz Capriglione; Centro Psiquiátrico do Rio de Janeiro; Instituto Estadual de Cardiologia Aloysio De Castro; Instituto Estadual de Doenças do Tórax Ary Parreiras; Programa Estadual de Transplante; Hospital Estadual Carlos Chagas; Instituto Estadual de Dermatologia Sanitária; Hospital Estadual Santa Maria; Laboratório Central Noel Nutels; Instituto Estadual de Infectologia São Sebastião  e Hospital Estadual Eduardo Rabello.

› FONTE: Agência Brasil


sem comentários

Deixe o seu comentário