Macaé News
Cotação
RSS

Em coletiva, prefeito de Macaé anuncia medidas preventivas contra o coronavírus

Publicado em 13/03/2020 Editoria: Saúde sem comentários Comente! Imprimir


Segundo informações da secretaria Municipal de Saúde, na cidade foram registrados nove casos suspeitos

Segundo informações da secretaria Municipal de Saúde, na cidade foram registrados nove casos suspeitos

A partir desta sexta-feira (13), serão 45 dias de atenção e de ações preventivas, em relação ao Coronavírus, com base em dados do Ministério da Saúde e Governo do Estado do Rio de Janeiro. A Organização Mundial de Saúde (OMS) publicou, esta semana, o estado de pandemia pelo coronavírus.

Em Macaé, durante uma Coletiva de Imprensa, realizada nesta sexta-feira (13), no gabinete da Secretaria de Saúde, onde o Macaé News se fez presente, o prefeito Dr. Aluizio Júnior falou sobre o Decreto Municipal 27/2020 relacionado ao Coronavírus (Covid-19). Na oportunidade, também estiveram presentes a secretária de Saúde, Deusilane Galiza, o secretário de Educação, Guto Garcia.

Segundo informações da secretaria Municipal de Saúde, na cidade foram registrados nove casos suspeitos, sendo três já descartados e seis aguardam resultados.

“O Decreto é apenas um Sinal Vermelho. Não dá para fingir que isso tudo não está acontecendo no mundo. Nos próximos 14 dias diversos casos podem se confirmar, é a expectativa do Ministério da Saúde. O Estado do Rio de Janeiro será uma das áreas mais frágeis. A gente não pode deixar o caso se agravar. Nossa missão é prevenir, proteger e cuidar”, disse o prefeito.

Para tratar da situação, a Prefeitura Municipal adotou medidas como: cancelamento de eventos públicos ou em espaços públicos com mais de 100 pessoas; a suspensão de cirurgias eletivas, com a exceção das oncológicas, para viabilizar leitos, caso seja necessário; entre outros.

Como Macaé tem um fluxo alto de pessoas que trabalham no ramo offshore, a prefeitura também elaborou um plano de ação direcionado para esse público. Na próxima segunda-feira (16), o governo municipal irá se reunir com representantes da indústria de óleo e gás, na Cidade Universitária, para alinhar essas ações. Vale lembrar que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária já está realizando o controle desses profissionais que embarcam e desembarcam nas plataformas da Bacia de Campos, segundo informações da secretaria.

“O município hoje está preparado para cuidar da nossa população, não conseguimos cuidar de toda a região. Sou prefeito de um universo de 250 mil pessoas. É fundamental que todos assumam as suas responsabilidades”, ressaltou Dr. Aluizio.

Pelas redes sociais, O prefeito anunciou que as aulas estarão suspensas, nos próximos 15 dias, a partir de segunda-feira. "Num momento de crise como esse, é prudente acompanhar a orientação do ERJ", publicou no final da tarde desta sexta-feira.

O decreto recomenda cuidados pessoais, como lavar as mãos, pelo menos três vezes, durante as aulas e supervisionados pela professora.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário