Macaé News
Cotação
RSS

Oscar desabafa: "Foi muito bom ser amigo de Kobe Bryant"

Publicado em 27/01/2020 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


A morte repentina de Kobe Bryant gerou muita comoção e homenagens ao redor do mundo. Uma dessas veio de Oscar Schmidt, que era um dos ídolos da lenda do basquete. O Mão Santa lamentou a morte do astro da NBA e disse que o conhecia desde a época que jogou basquete na Itália com o seu pai.

"Que notícia triste, é uma tristeza das piores que já senti na vida. Eu lembro do Kobe Bryant criancinha, ele vinha com seu pai no All-Star, e eu conheci o Kobe Bryant nessa idade aí. Depois ele foi crescendo e virou esse negócio aí, uma pessoa que vai além das fronteiras de uma quadra, um moleque que sabia jogar muito bem basquete, ganhou Oscar, teve mil e uma alegrias na vida. Lembro dos dois títulos olímpicos que ele ganhou", comentou o astro.

Embargado e com dificuldades em encontrar as palavras, Oscar desejou que Vanessa, a esposa de Kobe, encontre forças para superar essa situação, juntamente com as suas três filhas:

"Só desejo para a Vanessa e para suas três filhas tudo de bom, que não existe tudo de bom, quando você perde alguém dessa importância. Espero que eles possam continuar bem, passar por essa fase ruim que eles vão passar e que possam superar esse momento, esse momento difícil na vida de qualquer pessoa", disse.

 

Oscar também lembrou com orgulho das vezes que Kobe o citou, sempre com admiração, e falou que considerava o astro da NBA um amigo:

"Da minha parte, sempre senti muito orgulho de suas palavras, do seu jeito de falar de mim. Foi muito bom ser, eu me considerava, amigo do Kobe Bryant", completou o ex-jogador.

Kobe deixou um grande legado não só para a NBA, mas também para o basquete mundial. As homenagens por parte das lendas do esporte certamente continuarão aparecendo nos próximos dias.

› FONTE: Terra


sem comentários

Deixe o seu comentário