Macaé News
Cotação
RSS

Comissão de Cultura homenageia heróis da Revolta dos Búzios

Publicado em 11/12/2019 Editoria: Cultura sem comentários Comente! Imprimir


A Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados realiza na tarde desta quarta-feira, às 16 horas, audiência pública para homenagear os heróis da Revolta dos Búzios, um dos nomes pelos quais ficou conhecida a Conjuração Baiana, movimento pela libertação do Brasil da Coroa Portuguesa em 1798.

Devido ao fato de alguns revoltosos usarem um búzio (concha de molusco em forma de espiral) preso à uma pulseira para facilitar a identificação entre si, o termo "Revolta dos Búzios" tornou-se o predominante na transmissão oral na Bahia, devido à associação com as origens africanas, havendo também uma identificação com a luta contra a escravidão e por uma sociedade mais igualitária.

"Na Bahia colonial, viviam milhões de africanos e seus descendentes, a maioria esmagadora sem quaisquer direitos humanos respeitados, sem direito a ir e vir livremente, sem liberdade de expressão ou crença, sem direito de reunir-se. O legado da Revolta dos Búzios - assim como de outras revoltas organizadas e levadas adiante por africanos, negros livres, forros e libertos - é indiscutivelmente o da liberdade", destaca a deputada Alice Portugal (PCdoB-BA), autora do requerimento para a realização da audiência.

A parlamentar lembra que os quatro líderes da Revolta dos Búzios - Manoel Faustino, Luís Gonzaga, João de Deus e Lucas Dantas - executados em 08 de novembro de 1799, foram oficialmente incluídos em 04 de março de 2011 no Livro dos Heróis da Pátria, também conhecido como Livro de Aço, situado no Panteão da Pátria e da Liberdade Tancredo Neves, na Praça dos Três Poderes, em Brasília. Destaca-se, também, o nome de Antonio José, também ativo na conspiração, que foi preso no dia 28 de agosto de 1798 e no dia seguinte encontrado morto em sua cela.

Foram convidados:

- o cineasta Antonio Olavo, autor do documentário “1798: Revolta dos Búzios”;

- o escritor Paulo Neri, autor do livro “A Revolta dos Búzios ou a Conspiração dos Alfaiates”.

› FONTE: Agência Câmara


sem comentários

Deixe o seu comentário