Macaé News
Cotação
RSS

Encontro de Bandas Escolares entusiasma manhã no calçadão

Publicado em 03/12/2019 Editoria: Cultura sem comentários Comente! Imprimir


Com canções populares, as corporações musicais atraíram olhares atentos

Com canções populares, as corporações musicais atraíram olhares atentos

O calçadão do centro da cidade foi palco do IV Encontro de Bandas Escolares, nesta terça-feira (3). O público lotou o evento, que foi marcado por musicalidade eclética, ritmos, sonoridade e revelação de talentos. Com a participação de 450 alunos-músicos, a programação, que contagiou estudantes, pedestres que estavam na área central e amantes da boa música, teve o objetivo de promover o intercâmbio entre os integrantes para aprimorar métodos e técnicas, desenvolver vocações e aptidões musicais, e incentivar a musicalidade e a aproximação da comunidade.

Durante o evento, escolas municipais aproveitaram para entregar enfeites de Natal do projeto "Natal Sustentável", que vai fazer parte da decoração, que será inaugurada na sexta-feira (6), às 17h, com a chegada do Papai Noel, nas proximidades da Rua Silva Jardim. O público teve a oportunidade de conhecer o trabalho das corporações musicais Generino Teotônio de Luna (Professor Jamil Andrade Dias-Virgem Santa), Polivalente Anísio Teixeira (Costa do Sol), Oscar Cordeiro (Aeroporto), Professora Maria Isabel Damasceno Simão (Centro), Tarcisio Paes Figueiredo (Professor Rossini Medeiros-Bicuda Grande), Elza Ibrahim (Ajuda), Jacyra Tavares Duval  Corporação Musical Geraldo Bernardo Alves-Novo Cavaleiros) , Paulo Freire ( Lagomar),  Olga Benário Prestes ( São José do Barreto) e Leonel de Moura Brizola ( Barra).

Segundo o Secretário de Educação, Guto Garcia, esta é mais uma programação que alia a cultura à educação. "Contamos com a colaboração das escolas para contribuir com a decoração especial da área em que será realizada a programação de Natal, na próxima sexta-feira (6). É comprovado que projetos que visam a arte conseguem promover o desenvolvimento social e cultural do estudante, além de incentivar a aproximação entre os alunos e o ambiente escolar", ressaltou.

A programação foi aberta com a apresentação da banda MPB Groove, que conta com alunos e ex-estudantes do Colégio Municipal Zelita Rocha de Azevedo. Os estudantes Andressa Oliveira, Caio Machado e os instrutores Lauro Reis Junior, Lucas Caetano e Samuel Daher contagiaram a plateia. Na oportunidade, a Superintendente de Educação Integrada, Janaína Azevedo, agradeceu  a dedicação de todos. "O evento é um sucesso! Parabenizo a todos os participantes. O festival é a chance das bandas se socializarem  e de apresentarem o que foi desenvolvido no decorrer do ano letivo. Esta é a culminância de um belo trabalho realizado nas escolas municipais" destacou.

Com canções populares, as corporações musicais atraíram olhares atentos. Muitos aproveitaram a oportunidade de fotografar e filmar as apresentações. Entre as escolas visitantes estava a de Educação Infantil Ana Benedicta da Silva Santos. A garotada de dois a cinco anos cantou, aplaudiu e até dançou junto às apresentações musicais.

Com muita concentração, disciplina e amor à música, as corporações musicais saíram da área central, bairros e região serrana. A Corporação Musical Tarcisio Paes Figueiredo (Professor Rossini Medeiros) foi uma delas. Acompanhada pelo professor de Educação Física aposentado Rossini Medeiros, os estudantes da Bicuda Grande tocaram com muito entusiasmo. Entre eles estavam as alunas Bruna Vieira, de 11 anos e Ane Caroline Rodrigues, de 10 anos. "Estamos muito felizes! A banda é a nossa vida! Estudamos muito, mas fazer parte da banda nos deixa maravilhados", contam.

Com grito de guerra, os integrantes da "Olga Benário Prestes" (Barreto) realizaram sua primeira apresentação externa. Ao som de músicas populares como "Asa Branca", integrantes como Rayssa Soares Carvalhaes e Juliana Alves, se mostraram entusiasmadas e ansiosas. "É muito emocionante estar no festival. Poder tocar e conhecer outras bandas. Estamos satisfeitas", pontuaram. Do Lagomar, a banda da Escola Municipal Paulo Freire entoou canções como "Sítio do Pica pau Amarelo" e "As Pastorinhas". Entre eles estavam Ernani Costa Nunes e Augusto Emanoel dos Santos. "Gosto muito de desfiles e apresentações. O festival é muito legal, não vai sair da minha memória", pontuou Ernani.  

As corporações musicais fazem parte do  projeto Bandas Escolares, que integra cerca de 700 participantes de 13 escolas municipais. Para participar os alunos devem frequentar regularmente as aulas e ter boas notas. Em caso de três faltas injustificadas, o estudante é substituído por outro aluno que está no cadastro reserva.

› FONTE: Secom Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário