Macaé News
Cotação
RSS

MEC prorroga inscrições para Olimpíada de Língua Portuguesa

Publicado em 08/05/2014 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


Ana Chaffin

Ana Chaffin

Para assegurar a inscrição de todos os professores e dirigentes municipais na 4ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro, o Ministério da Educação (MEC) prorrogou, até a próxima quinta-feira (15), as inscrições para a etapa pedagógica. Os interessados devem se inscrever pelo endereço eletrônicowww.escrevendoofuturo.org.br.

A programação, realizada em caráter bienal, é reconhecida por ser um concurso de produção de textos que premia as melhores produções de alunos de escolas públicas de todo o país.  Além disso, no decorrer da olimpíada haverá distribuição de materiais de uso pedagógico. A iniciativa vai possibilitar o aprimoramento do processo de escrita.

De acordo com a secretária de Educação, Lúcia Thomaz, com a participação na olimpíada, a rede municipal de ensino visa desenvolver ações de formação de professores com o objetivo de contribuir para a melhoria do ensino da leitura e escrita nas unidades municipais.                     

A Olimpíada de Língua Portuguesa Escrevendo o Futuro é uma iniciativa do MEC e da Fundação Itaú Social, com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec), e tem como parceiros na execução das ações o Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), a União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) e o Canal Futura.

De acordo com registros do Ministério da Educação, nas duas últimas semanas o portal teve um grande aumento no número de inscrições. Ao mesmo tempo, o serviço de atendimento por telefone registrou o dobro do número de ligações entre os dias 24 e 29 de abril. Nesses dias, em vários horários ocorreu de todas as linhas estarem ocupadas. Por isso, o prazo para as inscrições foi prorrogado.

Este ano, o tema trabalhado diante da Olimpíada de Língua Portuguesa será “O lugar onde vivo”. Para  a melhor realização das atividades, o cronograma foi subdividido. Alunos do quinto e sexto anos vão estudar e escrever poesia. Na lista, os professores do sétimo e oitavo anos vão trabalhar textos no gênero memória literária. Além disso, as turmas do nono ano de escolaridade e a primeira série do Ensino Médio vão desenvolver crônicas. Já os estudantes do segundo e terceiro anos do Ensino Médio poderão produzir artigo de opinião.

- O tema da programação será fundamental, pois levará aos estudantes à reflexão e maior conhecimento sobre a realidade do bairro e do município em que nossos alunos vivem, diz Lúcia Thomaz. 

Premiação - Este ano, a Olimpíada de Língua Portuguesa vai premiar os 152 estudantes finalistas e seus professores com tablets, medalhas e obras literárias; e 20 escolas com laboratório de informática, data show e telão. Os professores também receberão jogos virtuais e revistas. Os jogos vão destacar questões comuns no estudo da Língua Portuguesa referentes aos quatro gêneros literários, que devem ser trabalhados neste ano letivo e visam oferecer suporte no dia a dia na sala de aula.

Todas as escolas participantes vão ganhar uma revista com encarte de um CD dos cadernos virtuais, que são recursos didáticos que ajudam os professores a desenvolver o estudo da língua portuguesa.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário