Macaé News
Cotação
RSS

A Carteira de Trabalho Digital anula o documento impresso?

Publicado em 15/11/2019 Editoria: Entrevista sem comentários Comente! Imprimir


Documento foi anunciado no segundo semestre de 2019

Documento foi anunciado no segundo semestre de 2019

Idealizada para ser uma alternativa ao documento físico, a Carteira de Trabalho Digital é uma versão digitalizada do registro profissional que, além de substituir o registro impresso, visa tornar o acesso de informações mais rápido e eficiente.

Entretanto, a nova versão gerou algumas dúvidas na população. O documento físico ainda vale? Se eu já possuo o registro impresso, posso tirar o digital? Tire essas e outras dúvidas abaixo:

Como emitir a carteira?
O trabalhador pode habilitar a Carteira Digital pela internet através do site Emprega Brasil .

O que muda com o documento online?
Além de tornar o acesso mais fácil, pessoas que trabalharem em empresas que utilizam o eSocial encontrarão todas as suas informações profissionais na Carteira de Trabalho Digital. Em caso de informações erradas, os trabalhadores devem procurar o seu empregador para realizar correções por meio da consulta ao documento físico.

O registro impresso ainda é válido?
Sim. Além de continuar valendo, o documento impresso deve ser mantido em mãos para comprovar as informações em casos de erro. Além disso, empresas que não possuem o eSocial continuarão utilizando o documento físico.

Quem possui a carteira física, pode tirar a digital?
Sim. Qualquer pessoa que possui o documento físico pode habilitar sua versão digital informando o seu CPF .

É necessário pagar alguma taxa?
Não. A habilitação da Carteira Digital de Trabalho é inteiramente gratuita.

Não consegui habilitar a carteira. O que fazer?
Quem não conseguir habilitar o documento e gerar a senha de acesso pelo aplicativo ou pela internet deverá recorrer ao seu banco ou comparecer à alguma unidade da Caixa Econômica Federal, do Banco do Brasil ou do Ministério da Economia.

A Carteira de Trabalho Digital pode ser usada como documento de identificação?

Não. O documento não servirá para identificação civil e não poderá substituir o RG ou outros documentos do gênero.

Fonte: Último Segundo

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário