Macaé News
Cotação
RSS

Escolas se preparam para a Avaliação da Educação Básica

Publicado em 18/10/2019 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


Começa na segunda-feira (21), a aplicação do  Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb 2019 - antiga Prova Brasil), que resulta no  Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).  A prova prossegue até o dia 30 (quarta-feira) e será aplicada aos  estudantes  do  5º e 9º anos de escolaridade, e Ensino Médio. Antes da avaliação, as escolas municipais se movimentam com ações do programa Avança - Ideb como  produção de cartazes, murais e gêneros textuais,  aulas de reforço e sensibilização especial dos alunos.

Como exemplos de escolas que estão realizando atividades estão o Colégio Municipal Maria Letícia Santos Carvalho (Novo Cavaleiros), Raul Veiga (Glicério), Eraldo Mussi (Botafogo), Sônia Regina Lapa (Ajuda), Renato Martins (Ajuda), Ciep Municipal Maringá (Campo do Oeste) e Neusa Goulart Brizola ( Barra).

Segundo a diretora do Colégio Municipal Maria Letícia Santos Carvalho (Novo Cavaleiros), Simone Carvalho, a ideia é reforçar o processo de ensino para avaliações externas como Saeb e, ainda, ingressar no Instituto Federal Fluminense (IFF) e Colégio Aplicação (CAp). Os alunos participam de simulados específicos e aulas de reforço nos horários divergentes aos de aula.

Outras intervenções que estão sendo feitas são visitas  específicas nas salas de aula sobre a importância da avaliação, atendimento individualizado com organização de estudos em casa, orientação aos pais dos participantes, elaboração de planilha sobre rendimento escolar e encontros com representantes de turmas que serão avaliadas.

Simone Carvalho lembra que  a aplicação da prova é fundamental. “Esta é mais uma oportunidade de saber como estão os estudos e suas contribuições na formação do aluno”, destaca. A equipe pedagógica da escola também elaborou quadros de contagem regressiva da data da avaliação e com informações sobre o Saeb.

Os alunos Pedro Miglian e Bárbara Silva Nalon, do 9º ano, aprovam a avaliação. “O Saeb é importante, pois nós como alunos somos medidores para classificação da escola. Assim como os estudantes do 9º ano,  os alunos do 5º ano também têm responsabilidade. A avaliação abrange atuação dos professores, diretores e coordenadores, frequência e convivência escolar. Participo do Conselho Escolar e vivencio diversas questões importantes da escola”, observa. Já Bárbara lembra que é preciso determinação de todos. “A dedicação dos alunos e profissionais de ensino é essencial, pois aspiramos um alto lugar no ranking”, conta.

Alunos do Colégio Municipal Botafogo,  também serão avaliados. De acordo com a diretora, Luiziana Simões, a prova está envolvendo todos. "Realizamos  simulados, provas específicas, gincanas de Língua Portuguesa e Matemática, além de reunião com alunos para pontuar as dificuldades. A expectativa é a melhor”, pontua.

O secretário de Educação, Guto Garcia, lembra que Macaé registrou no Ideb-2017 avanços significativos. “Nos anos iniciais foi alcançado 5,9, valor maior que a média nacional de 5,6 e maior que a média do Estado do Rio de Janeiro de 5,3. A nota 5,9 referente ao Ideb (anos iniciais) é maior se comparada com os anos de 2015 (5,6) e 2013 (5,2), ficando em terceiro lugar em todo estado do Rio de Janeiro, se comparada aos municípios de mais de 100 mil habitantes. A cidade ficou como primeira colocada entre as cidades do Norte Fluminense e 14° em todo Estado do Rio de Janeiro (92 municípios)", pontua.

O Ideb serve tanto como diagnóstico da qualidade do ensino brasileiro, como baliza para as políticas de distribuição de recursos (financeiros, tecnológicos e pedagógicos) do Ministério da Educação.

› FONTE: Secom Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário