Macaé News
Cotação
RSS

Mobilidade: veículos abandonados são recolhidos das ruas

Publicado em 30/09/2019 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana, em parceria com a Coordenadoria de Posturas, faz o recolhimento de veículos abandonados nas vias públicas da cidade. Uma média de 15 veículos em estado de abandono são retirados das vias públicas por mês. O objetivo é evitar possíveis focos de proliferação de pragas e de criadouros para as larvas do mosquito transmissor dos vírus da dengue, zika e chicungunha. Outro fator importante é o de também auxiliar na segurança pública e na mobilidade do município.

O recolhimento desses veículos com aspecto de abandono é realizado por meio das rondas diárias das equipes da Coordenadoria de Trânsito e das denúncias feitas pelos munícipes. A população pode colaborar entrando em contato com o telefone da Secretaria de Mobilidade Urbana para comunicar o fato, informando o endereço onde o veículo se encontra. Os telefones são o (22) 2796-1626 e 2762-7333. Também é possível fazer o comunicado por meio da Ouvidora no portal da Prefeitura de Macaé http://www.macae.rj.gov.br/ouvidoria/conteudo/titulo/fale-com-a-ouvidoria

“Além de retirarmos das vias esses veículos abandonados que podem ser possíveis focos de doenças, também visamos à segurança da população, pois esses locais podem ser utilizados como abrigos de possíveis infratores”, lembra o secretário de Mobilidade Urbana, Carlos Roberto Lima Oliveira. 

Se houver interesse do proprietário em recuperar seu veículo, deve dirigir-se à Coordenadoria de Posturas, no seguinte endereço: Avenida Presidente Sodré, 466, Centro, telefone 2765-8700.

“As pessoas podem entrar em contato com a Mobilidade Urbana se identificarem veículos com aspecto de abandono como, por exemplo, com pneus vazios ou já com vegetação, para que seja feito o recolhimento. Isso ajuda nos aspectos de acessibilidade, mobilidade e segurança pública da nossa cidade”, ressalta o coordenador de Trânsito, Adriano Barbosa.  

› FONTE: Secom Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário