Macaé News
Cotação
RSS

Dia Laranja: prefeitura realiza oficina 'Até onde eu posso ir'

Publicado em 26/09/2019 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


A proposta é conscientizar as pessoas para o fim da violência contra mulheres

A proposta é conscientizar as pessoas para o fim da violência contra mulheres

Promoção da autoestima, saúde corporal e emocional e alimentação saudável foram alguns temas abordados durante a oficina "Até onde eu posso ir", nesta quarta-feira (25), no Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam). A programação faz parte do Dia Laranja, lembrado todo dia 25 de cada mês através de uma iniciativa da Organização das Nações Unidas (ONU). A proposta é conscientizar as pessoas para o fim da violência contra mulheres.

Representando a Secretaria de Esportes, Tatiana Tauil, graduada em Educação Física, foi uma das facilitadoras da oficina e proporcionou, de forma interativa, um momento de reflexão e autoconhecimento.

"Geralmente, a mulher vítima de violência doméstica se sente sem vida. Nossa proposta é fazer com que ela volte a se enxergar, a se vestir, a se cuidar. É fazer com que ela perceba seu valor. Quando a gente melhora o lado físico, o emocional melhora junto. Melhora a pele, o humor, a vida", pontuou Tatiana Tauil.

Na ocasião, Sheila Iman, graduada em Fisioterapia, Homeopatia, Instrutora de Yôga, Bailarina e Professora de Dança do Ventre também participou do encontro.

De acordo com a coordenadora do Espaço Mulher Cidadã, da Coordenadoria Geral de Políticas para as Mulheres, Adriana Leclerc Ribeiro, o espaço funciona como um centro de proteção e atendimento à mulher, sempre preservando o sigilo da assistida.

"Trabalhamos com uma equipe multidisciplinar formada por assistente social, psicólogos e advogados, que realizam acolhimento e direcionamento conforme a demanda. A nossa proposta é combater a violência doméstica por meio da denúncia, proteção, sigilo e acolhimento", destacou Adriana Leclerc.

O Centro Especializado de Atendimento à Mulher tem uma rede de multiplicadores, incluindo profissionais da 123ª Delegacia de Polícia de Macaé, do 32º Batalhão de Polícia Militar, Defensoria Pública, Juizado Criminal, Ministério Público, Secretaria de Saúde e Hospital Público Municipal (HPM).

O Ceam funciona na Rua São João, 33, ao lado da 123ª Delegacia Legal. No local, a pessoa conta com atendimento de assistente social, psicóloga e de assistência jurídica. Mais informações pelo telefone: (22) 2796-1045.

Patrulha Maria da Penha - mais informações podem ser obtidas pelo WhatsApp (22) 99707-2085 e telefones 0800 282 2108 ou (22) 2796-1045.

Programação

24 de outubro (quinta-feira) - 16h às 18h - Outubro Rosa - Oficina "A importância de cuidar da minha saúde".
Local: CEAM - Centro Especializado de Atendimento à Mulher.
Facilitadoras:
- Simone Abugeber Damasceno de Carvalho: Enfermeira do Programa de Atenção Integral à Saúde da Mulher - PAISM / SEMUSA.
- Thayná Barreto: Digital Influencer, Estudante de Nutrição/ UFRJ cursando o 7º período.

25 novembro (segunda-feira) - 17h às 19h - Oficina de Defesa Pessoal Básica "A Defesa da Mulher".
Local: CEAM - Centro Especializado de Atendimento à Mulher.
Facilitadoras:
- Verônica Medeiros - Graduada em Odontologia pela UERJ, com especialização em endodontia pela Marinha do Brasil, Guarda Municipal de Macaé, Campeã Brasileira de Kickboxing/2012, Campeã Pan-Americana de Kickboxing FIKAM/2017, Campeã de Muay Thai FDB FIGTH Profissional/2018, Campeã Estadual do Cinturão Brasileiro de Kickboxing/2018.

- Katiuscia Castro - Graduada em Educação Física pela Gama Filho, Guarda Municipal de Rio das Ostras, Faixa preta de Judô e Jiu Jitsu, Campeã de 8 Campeonatos Brasileiros, 5 Campeonatos Sul-Americanos e 6 Copas Internacionais.

11 de dezembro (quarta-feira) - 17 às 19h - Roda de Conversa "Mulheres Reais" com a devolutiva das atividades desenvolvidas e programação para 2020.
Local: CEAM - Centro Especializado de Atendimento à Mulher.

› FONTE: Secom Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário