Macaé News
Cotação
RSS

Como Jorge Jesus mudou o jogo e foi fundamental na vitória do Flamengo

Publicado em 15/09/2019 Editoria: Esporte sem comentários Comente! Imprimir


Até os 25 minutos de jogo, no Maracanã, Flamengo e Santos faziam uma partida de duelos bem definidos. Bruno Henrique x Luan Peres, Marinho x Filipe Luís e Soteldo x Rafinha, brigavam pelos lados do campo, em velocidade, em busca de um pouco de espaço para criar. E os santistas, até então, levavam a melhor na maioria das oportunidades. O venezuelano, inclusive, quase abriu o placar aos 18.

O jogo começou a mudar quando Jorge Jesus girou o seu ataque.

Gabigol, antes centralizado entre Lucas Verissimo e Gustavo Henrique, brigando - literalmente - com a dupla de zaga, passou a cair pelo lado direito. Bruno Henrique foi para a esquerda fazer companhia a Arrascaeta - excessivamente discreto - e, em alguns momentos, Everton Ribeiro, que armou de todos os pontos do gramado - inclusive da defesa, como no gol.

Isso obrigou o Peixe a mudar sua marcação, levando mais jogadores para um lado do campo e, consequentemente, deixando o outro mais exposto. Exatamente o lado onde estava Gabriel, artilheiro do ano no Brasil e velho conhecido dos santistas. Assim, o Fla mexeu com o Santos e com o placar.

Dali, no mano a mano com Gustavo Henrique, pela ponta, com o espaço que ainda não tinha tido, de frente para Éverson, vendo o desespero do goleiro adiantado, o camisa 9 teve calma e, principalmente, a qualidade para acertar um chute que só quem vive em lua de mel consigo mesmo - e com a torcida - é capaz de tentar e marcar.

Um golaço no Maraca! Com &39;G&39; maiúsculo de Gabigol, mas também com o &39;J&39;, da &39;jogabilidade coletiva&39; de Jorge Jesus.

› FONTE: O Dia


sem comentários

Deixe o seu comentário