Macaé News
Cotação
RSS

Trabalho e Renda encaminha 3 mil para emprego em 2019

Publicado em 12/09/2019 Editoria: Empregos sem comentários Comente! Imprimir


Ser um facilitador entre quem está em busca de uma colocação no mercado de trabalho e a instituição que precisa de um profissional é uma das atribuições da Secretaria Adjunta de Trabalho e Renda da Prefeitura de Macaé. Somente em 2019, foram 3.376 pessoas encaminhadas para as oportunidades anunciadas semanalmente pelo setor. As vagas são de empresas parceiras, este ano são 122. As áreas são diversas e a procura continua sendo maior pelas das áreas ligadas ao petróleo. Para atender toda a demanda, a pasta vem se renovando em busca de uma dinâmica que acompanhe as mudanças do cenário de empregabilidade.

"O panorama hoje é muito diferente do que há alguns anos. A secretaria tem que ser mais que um balcão de empregos, precisa oferecer ferramentas para que as pessoas tenham de fato um local  com atendimento eficiente, que entenda as necessidades humanas bem como as do mercado de trabalho local", destaca o secretário Adjunto de Trabalho e Renda, Igor Romão.

E o caminho para a eficiência está na utilização da inovação e tecnologia. Sistemas eletrônicos estão sendo utilizados para contabilizar atendimentos, cadastros, contatos, tudo para que os indicadores norteiem a adoção das políticas públicas mais adequadas. "Este mês iniciamos uma nova atuação de call center, dentro do nosso setor de Captação de Vagas. O objetivo é ter um retorno das empresas sobre os encaminhamentos realizados, se foi confirmada a contratação e as razões quando esta não se concretiza. Como resultado já tivemos a informação de dois fatores cruciais que pesam e muito para o contratante e que precisam ser aprimorados por quem está à procura de emprego: a elaboração correta do currículo e o asseio pessoal: cuidados com a higiene e aparência", explica Igor.

Outra estratégia está na busca ativa pelas vagas de emprego. Semanalmente, a equipe da secretaria realiza visitas a empresas para identificar as oportunidades disponíveis. O resultado reflete na vida de quem busca uma colocação. Leonel David veio de Sergipe e está em Macaé há um ano. Desempregado há um mês ele vê no Posto de Atendimento do Trabalho e Renda uma forma mais concreta de encontrar uma nova ocupação. "Tenho capacitação na área de cozinha e vi aqui na lista que há vaga disponível nesse setor. Já vou fazer o meu cadastro na expectativa de voltar logo a exercer uma função", afirma.

Pelo posto, localizado no Macaé Facilita da Barra, passam, por dia, uma média de 300 pessoas com a mesma expectativa. Pelo site macae.rj.gov.br/trabalhoerenda, a secretaria realiza o cadastro de quem está procurando vagas. Em 2019, foram 9.384 pessoas cadastradas, a maioria de fora de Macaé e até mesmo de outros estados como Espírito Santos, Alagoas, Minas Gerais e Bahia. 

Macaé sempre foi e ainda é uma cidade que atrai pessoas em busca de emprego. Entendemos a importância da secretaria e de sua atuação em todo um contexto que, além de oferecer dignidade para quem é contratado, impacta toda uma cadeia econômica e de serviço. Por isso, a nossa preocupação é estamos alinhados com as exigências do mercado de trabalho e as necessidades de qualificação e orientação da nossa população", conclui Igor. 

› FONTE: Secom Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário