Macaé News
Cotação
RSS

Vazão nas Cataratas do Iguaçu quase triplica após chuvas no Paraná

Publicado em 02/05/2014 Editoria: Mundo sem comentários Comente! Imprimir


Às 13h, volume estava acima de quatro milhões de litros por segundo.
No sudoeste, duas cidades decretaram emergência após temporal.

O volume de água nas cataratas de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná, está quase três vezes acima do normal, nesta sexta-feira (2). Por volta das 13h, a vazão era superior a quatro milhões de litros de água por segundo. A média costuma ser de 1,5 milhão. Os números são calculados pela Companhia Paranaense de Energia (Copel), que monitora o nível do Rio Iguaçu, onde estão instaladas usinas hidrelétrica que geram energia para abastecer o estado. Segundo a Copel, a explicação é a grande quantidade de chuva que tem caído ao longo do rio, que cruza o Paraná de leste ao oeste.

O número de vítimas no estado atingidas pela chuva entre a noite de quarta-feira (30) e madrugada de quinta (1º) aumentou de 2.586 para 11.457, segundo o último boletim divulgado às 10h30 desta sexta-feira (2) pela Defesa Civil. Ao todo, 11 municípios foram afetados em todo o estado. A situação mais crítica é em Foz do Iguaçu, com 3.516 moradores atingidos.

Ainda na tarde de quinta-feira, os municípios de Francisco Beltrão e Santo Antônio do Sudoeste decretaram situação de emergência. De acordo com Marcos Anselmo Gross dos Santos, sargento adjunto da Defesa Civil de Francisco Beltrão, pelo menos 720 pessoas ficaram desalojadas na  cidade. Elas tiveram que ser levadas para abrigos ou para a casa de parentes. Em vários imóveis, a água quase encobriu as janelas. Famílias tiveram que usar barcos e botes para sair às pressas.

Conforme o Instituto Tecnológico Simepar, a chuva deve dar uma trégua no estado até a tarde de domingo (5), quando são esperadas novas pancadas nas regiões oeste e sudoeste.

› FONTE: G1


sem comentários

Deixe o seu comentário