Macaé News
Cotação
RSS

Biblioteca da Câmara dará suporte a pesquisa sobre a história macaense

Publicado em 05/09/2019 Editoria: Cultura sem comentários Comente! Imprimir


Daniele pesquisará a vida de mulheres que deram nomes a escolas de Macaé

Daniele pesquisará a vida de mulheres que deram nomes a escolas de Macaé

A biblioteca do Centro Cultural do Legislativo, inaugurado há menos de um mês, já começa a dar suporte à pesquisa sobre a história de Macaé. A professora da rede pública Daniele Gonçalves de Souza utilizará o acervo para levantar a vida de três mulheres que deram nomes a escolas de educação infantil onde lecionou.

Estudante de história na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Macaé (Fafima), ela fará um Trabalho de Conclusão de Cursso (TCC) sobre a vida de Carmen de Jesus França, Laura Sueli Campos Bacelar e Ana Benedita.

Quando iniciou o ensino superior, Daniele percebeu a importância de se conhecer as pessoas que nomeiam locais públicos. “Sou remanescente do Quilombo da Rasa, em Búzios, e meu avô Matias Neto deu nome a uma escola lá. Ele era pastor e realizava serviços sociais, por isso seu nome foi escolhido”.

A expectativa da professora é que as três patronas de escolas possam ter suas lutas registradas em livros sobre a história macaense. Segundo o coordenador da biblioteca, Maycom Gomes, entre 70 e 100 obras são narrativas sobre Macaé – o acervo atual foi doado pelo Instituto Brasileiro de Museus, e pela Superintendência de Museus da Secretaria Estadual de Cultura.

Registros históricos nas atas das sessões.

Outro suporte que a Câmara poderá dar à investigação da professora são as atas das sessões. Isso porque as unidades de ensino recebem patronos de acordo com Projetos de Decretos Legislativos votados pelos vereadores, contendo as justificativas das escolhas.

“Vou utilizar esses registros e outros meios também para encontrar e entrevistar os familiares e conhecidos dessas mulheres”, acrescenta Daniele.

Para a diretora do Centro Cultural do Legislativo, Maria Ângela Antunes Viana, o interesse da estudante não apenas mostra o potencial do acervo como um serviço à pesquisa acadêmica. “Ficamos felizes também porque o TCC de Daniele vai ajudar a divulgar a biblioteca entre os alunos da Fafima”.

Funcionamento

O Centro Cultural do Legislativo funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, na Avenida Rui Barbosa, 197, no Centro. Para visitas guiadas, é necessário agendamento prévio pelos telefones de contato: (22) 2772-4268 ou 2772-4885.

› FONTE: ASCOM CMM


sem comentários

Deixe o seu comentário