Macaé News
Cotação
RSS

Rio das Ostras desponta no cenário nacional como modelo de desenvolvimento

Publicado em 01/05/2014 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


Jorge Ronald

Jorge Ronald

Pesquisa aponta cidade como a melhor em desenvolvimento social, logo após Município receber Prêmio Prefeito Empreendedor

 

Rio das Ostras ganhou destaque especial no Brasil neste mês. Logo após o Município receber o Prêmio Prefeito Empreendedor, do Sebrae, por seus projetos de fomento ao emprego e geração de renda, uma pesquisa nacional apontou a cidade como a melhor em Desenvolvimento Social, entre aquelas com mais de 100 mil habitantes. O estudo foi publicado pela Revista Exame, na última edição, n1064.

A pesquisa, realizada por uma consultoria independente, também classificou Rio das Ostras como a 2ª colocada em Desenvolvimento Econômico e a 16ª melhor cidade para se investir, à frente de capitais como São Paulo (18º) e Fortaleza (24º).

O estudo da consultoria Urban Systems analisou 293 cidades brasileiras acima de 100 mil habitantes, com base em 27 indicadores de áreas como Educação, Saúde, Economia, Sociodemografia, entre outras. Rio das Ostras conquistou o primeiro lugar em desenvolvimento social por investimentos importantes como a criação da Zona Especial de Negócios (Zen), do Instituto Municipal de Educação de Rio das Ostras (Imero) e pelo planejamento da cidade, iniciado com a criação do Plano Diretor do Município, em 1999.

A cidade hoje se beneficia das medidas que foram iniciadas no final da década de 90, pensando no crescimento sustentável e na independência da receita dos royalties do petróleo.

Segundo a Revista Exame, graças a esses e outros investimentos públicos, a qualidade de vida, que de acordo com a publicação, “teria tudo para piorar” com o grande aumento populacional, melhorou. “Rio das Ostras deixou de ser a prima pobre de Macaé e de Búzios para se transformar numa das cidades brasileiras que mais avançaram em indicadores sociais e econômicos”, descreve a reportagem.

EDUCAÇÃO - O estudo utiliza os números da Firjan para mostrar que o salário dos trabalhadores locais aumentou em 81%. Com destaque na Educação, a pesquisa aponta que hoje o abandono escolar é quase zero e a maioria dos professores da Rede Municipal têm nível superior. A nota dos alunos também está acima da média brasileira.

A revista ouviu o especialista Guilherme Mercês, da Firjan, que confirma que a cidade faz bom uso da sua receita de royalties. “Esse dinheiro só se transforma em melhores serviços públicos se for bem aplicado”, descreve Mercês, que ainda diz que a cidade tem “muito boa saúde financeira” e que vem buscando reduzir a dependência dos repasses da exploração de petróleo.

Mas o grande destaque da cidade se deu por seu planejamento.

“Quando propusemos nosso Plano Diretor, buscamos equilibrar nossa vocação turística com a atração de novos negócios, criação de empregos, aumento dos salários e qualificação dos nossos moradores. Estamos no momento de resgatar esse desenvolvimento, priorizando a Educação, Saúde e os projetos sociais. Ainda há muito trabalho pela frente”, diz o prefeito Sabino.

A Revista Exame identifica a retomada do desenvolvimento ordenado do Município, com a rediscussão pública do seu Plano Diretor. “A cidade está refazendo o plano diretor com vistas a 2030. É sinal de que novos saltos de qualidade podem vir pela frente”, encerra o texto.

PRÊMIO – O estudo nacional confirma o reconhecimento recebido pela cidade por seus projetos de geração de renda e oferta de oportunidades aos pequenos e médios empreendedores. O Sebrae concedeu, no último dia 14, o prêmio de Prefeito Empreendedor a Rio das Ostras, na categoria Novos Projetos, disputado entre todos os municípios do Rio de Janeiro.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário