Macaé News
Cotação
RSS

Macaé alcança tendência mundial com restruturação da Saúde

Publicado em 19/08/2019 Editoria: Saúde sem comentários Comente! Imprimir


Além da estratégia de gestão, a prefeitura institui através do Centro de Especialidades um atendimento humanizado.

Além da estratégia de gestão, a prefeitura institui através do Centro de Especialidades um atendimento humanizado.

Investimentos e um novo planejamento aplicados pelo governo municipal, para otimizar os processos de gestão e integrá-los à demanda de atendimentos crescente na cidade, garantiram a Macaé o alcance de uma tendência mundial de assistência à população, assim como a referência em procedimentos de média e alta complexidade, além de resultados importantes na atenção básica.

Dados do Ministério da Saúde indicam que o aumento da criação de leitos de internação, em hospitais e emergências, representam hoje o modelo de gestão em assistência médica que prioriza também a eficiência dos procedimentos ambulatoriais e de atenção básica, um processo de otimização da Saúde pública aplicado pelo governo municipal desde o ano passado.

Ao centralizar a distribuição dos cerca de 500 itens preconizados pela Relação Nacional de Medicamentos Essenciais (Rename), a Central de Abastecimento Farmacêutico (CAF) estabeleceu na Secretaria Municipal de Saúde a otimização de custos com a aquisição e distribuição de remédios, através do cadastro instituído em março de 2018, obrigatório a todos os usuários da rede.

Com a criação do sistema próprio de controle do estoque, o cadastro do CAF garante apenas aos moradores da cidade o direito de retirar o medicamento na Farmácia Popular, o que permite maior transparência e eficiência nos investimentos aplicados pelo governo na atenção básica da rede pública de Saúde, outra referência de Macaé, com base nas regras do Ministério da Saúde.

A inauguração do Centro de Especialidades Médicas Dona Alba configura a restruturação de uma outra parte importante da rede de assistência: os serviços ambulatoriais e de imagem.

Ao instalar, aos poucos, os serviços de consulta em 28 especialidades médicas e os espaços de tratamento em baixa complexidade, o Centro de Especialidades, que ocupa o espaço da antiga fábrica Bariloche, segue uma outra tendência da saúde mundial: o de facilitar e agilizar o diagnóstico e o início do tratamento de doenças, desafogando assim as unidades responsáveis pelos procedimentos de média e alta complexidade.

Leitos e cirurgias

Hoje, o Hospital Público Municipal (HPM) e a contratualização do Hospital São João Batista, colocam Macaé em destaque regional na realização de cirurgias cardíacas. E o resultado dessa estratégia é significativo.

A cirurgia de fechamento do canal arterial realizada na semana passada no HPM, que salvou a vida de uma bebê prematura, representa a integração dos procedimentos de alta complexidade da rede municipal, que apresenta também outros números significativos.

Em 12 meses, 594 cirurgias cardiovasculares foram realizadas em Macaé através desta contratualização, que garantiu também a realização de 878 cateterismo e outros 273 procedimentos ambulatoriais ligados ao setor de cardiologia.

› FONTE: Secom Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário