Macaé News
Cotação
RSS

Dia Laranja: encontro marca Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha

Publicado em 26/07/2019 Editoria: Cultura sem comentários Comente! Imprimir


A programação que vai acontecer durante os dias 25 de cada mês

A programação que vai acontecer durante os dias 25 de cada mês

Prosseguem até o mês de novembro as atividades da programação do "Dia Laranja". Em Macaé, a data foi celebrada nesta quinta-feira (25), Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha, na sede do Centro Especializado de Atendimento à Mulher (Ceam). O objetivo é oferecer à comunidade e  às atendidas  do Ceam, oficinas  que destacam a reflexão, prevenção, cuidado, autoconhecimento e proteção, aliados ao combate à violência. A programação que vai acontecer durante os dias 25 de cada mês, será conduzida por uma equipe multiprofissional com fisioterapeuta, educadores, terapeutas, enfermeiros e digital influencer.

Nesse primeiro encontro foi realizada oficina "Do que eu sou capaz" com as facilitadoras Karoline Bandeira; coach e psicoterapeuta e Aline Koppe, que atua como terapeuta Integral Sistêmica. A cor laranja faz alusão à força e otimismo das mulheres.

A oficina foi elogiada pelos participantes. Entre elas estava Charlene Vieira. "Esta programação é de suma importância, pois precisamos ter mais conhecimento sobre nós e o mundo em que vivemos. Temos que analisar a sociedade e pensarmos em medidas para  a nossa qualidade de vida", comenta. Também presente, a estudante do curso de Direito do campus da Universidade Federal Fluminense (UFF), Luísa Machado. "Parabenizo ao Ceam.  Todas as atividades realizadas no local são maravilhosas. A oficina do "Dia Laranja" contribuí com reflexões. A mobilização quanto ao risco de perdas de direitos é necessária", observa.

Para a Coordenadora Geral de Políticas para as Mulheres, Jane Roriz, esta quinta-feira (25) foi marcante para Macaé. "O Dia Internacional da Mulher Negra Latino-Americana e Caribenha é importante. Resolvemos destacar questões como racismo, violência de gênero, desigualdade e autoconhecimento. A realização da oficina é uma forma mais leve de abordar a violência e o cuidado", pontua.

Durante a oficina, as palestrantes Karoline Bandeira e Aline Koppe destacaram as temáticas motivação, autoconfiança, liderança, oportunidades e inteligência emocional. Na oportunidade foram realizadas dinâmicas. "Fizemos questão de apresentar atividades que visam a importância de se reinventar diante da violência, situações de tragédia e outros acontecimentos", pontuam as palestrantes. No dia 11 de dezembro, haverá um encontro com a união de facilitadores e todas as oficinas ministradas no decorrer do ano.

Dia Laranja

O "Dia Laranja" é uma iniciativa é da Coordenadoria Geral de Políticas para as Mulheres, por meio do Espaço Mulher Cidadã Erosita França Leclerc, em parceria com o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher.

A Organização das Nações Unidas (ONU) proclamou o dia 25 de cada mês como o "Dia Laranja", uma oportunidade de conscientizar as pessoas sobre ações para o fim da violência contra mulheres e meninas. A proposta é alertar para à necessidade de prevenir e combater a violência, também fortalecer a luta e o enfrentamento pela desigualdade social.

A organização lembra que, apesar dos acordos internacionais exigirem que os países garantam direitos iguais, muitas mulheres não recebem as mesmas oportunidades que os homens em setores como saúde, educação, liberdade de movimento e proteção sobre a violência.

Programação

22 de agosto (quinta-feira)

17h às 19h30

Oficina: "Enfrentando desafios e dando a volta por cima".

Atividade alusiva ao Aniversário de 13 anos da Lei Maria da Penha.

Local: CEAM - Centro Especializado de Atendimento à Mulher.

Facilitadoras:

- Catharina Bersot - Digital Influencer e modelo Plus Size.

- Cléo Furtado - Arte Educadora e Arteterapeuta e Focalizadora de Danças Circulares dos Povos.

25 de setembro (quarta-feira)

15h30 às 17h30

Oficina: "Até onde eu posso ir".

Local: CEAM - Centro Especializado de Atendimento à Mulher.

Facilitadoras:

- Sheila Iman - Graduada em Fisioterapia, Homeopatia, Instrutora de Yôga, Bailarina e Professora de Dança do Ventre.

- Tatiana Tauil - Graduada em Educação Física, Representando a Secretaria de Esporte.

24 de outubro (quinta-feira)

16h às 18h

Outubro Rosa - Oficina "A importância de cuidar da minha saúde".

Local: CEAM - Centro Especializado de Atendimento à Mulher.

Facilitadoras:

- Simone Abugeber Damasceno de Carvalho: Enfermeira do Programa de Atenção Integral à Saúde da Mulher - PAISM / SEMUSA.

- Thayná Barreto: Digital Influencer, Estudante de Nutrição/ UFRJ cursando o 7º período.

25 novembro (segunda-feira)

17h às 19h

Oficina de Defesa Pessoal Básica "A Defesa da Mulher".

Local: CEAM - Centro Especializado de Atendimento à Mulher.

Facilitadoras:

- Verônica Medeiros - Graduada em Odontologia pela UERJ, com especialização em endodontia pela Marinha do Brasil, Guarda Municipal de Macaé, Campeã Brasileira de Kickboxing/2012, Campeã Pan-Americana de Kickboxing FIKAM/2017, Campeã de Muay Thai FDB FIGTH Profissional/2018, Campeã Estadual do Cinturão Brasileiro de Kickboxing/2018.

- Katiuscia Castro - Graduada em Educação Física pela Gama Filho, Guarda Municipal de Rio das Ostras, Faixa preta de Judô e Jiu Jitsu, Campeã de 8 Campeonatos Brasileiros, 5 Campeonatos Sul-Americanos e 6 Copas Internacionais.

11 de dezembro (quarta-feira)

17 às 19h

Roda de Conversa "Mulheres Reais" com a devolutiva das atividades desenvolvidas e programação para 2020.

Local: CEAM - Centro Especializado de Atendimento à Mulher

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário