Macaé News
Cotação
RSS

Educação prossegue com Programa Saúde na Escola

Publicado em 28/04/2014 Editoria: Saúde sem comentários Comente! Imprimir


O Programa Saúde na Escola (PSE) prossegue com atendimento nas 23 unidades municipais de ensino. Em Macaé, o programa atende 8.890 estudantes das modalidades de Educação Infantil, Ensino Fundamental e Educação de Jovens e Adultos (EJA).


O cronograma do PSE neste mês de abril será encerrado até a próxima quarta-feira (30) na Escola Municipalizada de Educação Infantil Eléa Tatagiba de Azevedo, na Aroeira. Na ocasião, serão realizadas atividades educativas como palestras voltadas para promoção da cultura de paz, além do tema “Alimentação Saudável”. Um dos enfoques que também será destacado será “Cuidados Corporais”, assunto bastante elogiado pela direção da unidade.

Os estudantes da unidade municipal Eléa Tatagiba também serão contemplados com a emissão do cartão do Sistema Único de Saúde (SUS). O trabalho é desenvolvido em parceria com a secretaria de Saúde vai emitir cartão do Sistema Cartão Nacional de Saúde (Sus).

Depois de feito o cadastro, o aluno receberá o cartão em uma outra data específica. O material terá impresso o número nacional de identificação único, podendo assim ser atendido em qualquer unidade e serviço do SUS em todo o país.

O cartão armazena todos os dados do paciente e informações confiáveis sobre suas consultas, como local de atendimento, data e horário, quais serviços do SUS foram disponibilizados e todos os procedimentos realizados. O uso do cartão facilita a marcação de consultas, exames e acesso a medicamentos gratuitos.

De acordo com o coordenador do PSE, Marcelo Machado, inicialmente cinco escolas municipais contempladas no Programa Saúde na Escola (PSE) estão tendo acesso ao cartão, criado pelo Governo Federal para controlar e facilitar todos os procedimentos médicos vinculados ao SUS (Sistema Único de Saúde). A primeira unidade municipal que recebeu a ação foi o Colégio Municipal Balneário Lagomar.

Cartão do SUS - O Cartão do SUS pode ser adquirido gratuitamente pela população. Para receber, basta comparecer a uma unidade de saúde mais próxima de sua residência, com os seguinte documentos pessoais; identidade, CPF, certidão de nascimento ou casamento e número de PIS/PASEP (se tiver). O cadastro é realizado em hospitais, clínicas e postos de saúde ou locais definidos pela secretaria municipal de saúde.

PSE - Além da emissão do cartão SUS, o Programa Saúde na Escola (PSE) também realiza atividades como a verificação da situação vacinal e identificação de doenças negligenciadas aos alunos, além de ações de combate à dengue.

No cronograma do trabalho também estão: promoção de segurança alimentar e alimentação saudável; ações de Saúde Ambiental e Desenvolvimento Sustentável; Saúde Mental; Promoção da Cultura de Paz e Direitos Humanos; além de prevenção de violência. Também haverá reforço da triagem oftalmológica, medição de peso e altura, saúde bucal e identificação de alteração da linguagem oral.

Também são desenvolvidas atividades como oficinas e palestras sobre saúde e prevenção nas escolas; direito sexual e reprodutivo; além da prevenção às Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST); e ao uso de álcool, tabaco, crack e outras drogas. Outro ponto positivo é que os profissionais da rede municipal de ensino também recebem o Programa Saúde do Trabalhador na área odontológica.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário