Macaé News
Cotação
RSS

Conselheiros escolares serão eleitos a partir de agosto

Publicado em 03/07/2019 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


Ao todo, 25 unidades municipais vão promover eleições nos meses de agosto e setembro. A expectativa é eleger 450 conselheiro

Ao todo, 25 unidades municipais vão promover eleições nos meses de agosto e setembro. A expectativa é eleger 450 conselheiro

Prossegue nesta quinta-feira (4), às 9h, na sede da Secretaria de Educação, a formação especial para os diretores de escolas. O objetivo é orientar os gestores quanto à importância do processo eleitoral e do Programa de Fortalecimento dos Conselhos. Ao todo, 25 unidades municipais vão promover eleições nos meses de agosto e setembro. A expectativa é eleger 450 conselheiros.

Poderão votar pais, alunos a partir de 12 anos e profissionais das escolas (professores e servidores). Representantes da comunidade escolar podem se candidatar para participar de forma integrada do funcionamento dos espaços escolares. O processo eleitoral contará com parceria do Tribunal Regional Eleitoral (TRE).

O trabalho dos Conselhos Escolares de Macaé serve de modelo para outras cidades. Recentemente, o município de Friburgo conheceu as ações do programa. O tema "O processo de implantação do Conselho Escolar na rede municipal de Macaé" faz parte do livro do curso de extensão da Universidade Federal Fluminense (UFF). A obra será conhecida no Encontro Estadual do Grupo Articulador de Fortalecimento dos Conselhos Escolares no dia 27 de agosto. A programação vai acontecer no Ministério Público do Rio de Janeiro.

O secretário de educação, Guto Garcia, informou que Macaé segue o Plano Nacional de Educação. "Os conselheiros podem participar da elaboração do projeto político-pedagógico, acompanhar a execução das ações administrativas e financeiras da escola e mobilizar a comunidade escolar para a participação em atividades em prol da melhoria da qualidade da educação", explicou.

Os conselheiros terão um mandato de dois anos com direito à reeleição por mais um ano. De acordo com o secretário de Educação, a instituição dos Conselhos Escolares foi sancionada pela Lei municipal 4.271-2016, com a implementação oficial em Macaé. "O objetivo é servir de apoio à direção das escolas municipais", frisou.

Segundo Márcia Correa, que atua junto à Coordenação dos Conselhos Escolares, a formação dos conselhos tem como foco principal destacar a importância da função pedagógica, não só financeira, nas escolas.   

› FONTE: Secom Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário