Macaé News
Cotação
RSS

Comitê de Bacias fará oficina para a juventude em Macaé sobre Agenda 2030 da ONU

Publicado em 04/06/2019 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


Evento no IFF Macaé contará com a presença do mobilizador Mauro Pereira

O Comitê de Bacias Hidrográficas dos rios Macaé e das Ostras irá promover uma oficina de gestão sustentável de recursos hídricos voltada para jovens no próximo dia 28 de junho. A programação será no Instituto Federal Fluminense (IFF Macaé), das 9h às 17h, e contará com a apresentação do mobilizador Mauro Pereira.

Coordenador da ONG Defensores do Planeta, Mauro Pereira é biólogo, pós-graduado em gestão de resíduos sólidos e fez mestrado em eco toxicologia pela Université Paris. Neste ano foi designado pelo secretário geral da ONU como representante brasileiro do primeiro fórum da juventude da América Latina e Caribe sobre a Agenda 2030. 

"Estamos percebendo que muitos municípios, e também o Estado e a União, estão indo na contramão daquilo que está definido na Agenda 2030 da ONU (Organização das Nações Unidas). Precisamos aprofundar esse debate e envolver a juventude", afirma a vice-presidente do Comitê, Maria Inês Paes Ferreira.

Informações sobre rios nas rodovias

Na reunião ordinária do Comitê de Bacias na última sexta (31) foi detalhado o projeto de sensibilização ambiental com placas em rodovias da região. São 38 placas na BR-101, nas RJs 142, 162 e 168, além da Linha Azul, em Macaé, sempre nos cruzamentos entre vias de acesso e os rios e córregos da bacia hidrográfica. Além do nome do rio, as placas contêm telefones de atendimento do Inea para emergenciais ambientais - (22) 2765-5303 ou (21) 9 8596-8770 (24h).

O projeto, contratado pelo valor de R$ 47,1 mil, é viabilizado por um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) celebrado entre a Secretaria de Estado do Ambiente e Sustentabilidade, o Instituto Estadual do Ambiente e o Consórcio Intermunicipal Lagos São João, com a empresa PAFC13 Empreendimentos e Participações LTDA, em virtude de compensação ambiental para licenciamento de empreendimento.

› FONTE: Ascom


sem comentários

Deixe o seu comentário