Macaé News
Cotação
RSS

Assistidos pela APAE Macaé se destacam durante X Festival Estadual Nossa Arte, em Niterói

Publicado em 24/05/2019 Editoria: Cultura sem comentários Comente! Imprimir


No palco, os assistidos da Apae Macaé fizeram encenação de Dança Clássica, uma releitura do filme Ritmo Quente - Dirty Dancing; Dança Folclórica Carimbó “Ai, Menina”; entre outros ritmos

No palco, os assistidos da Apae Macaé fizeram encenação de Dança Clássica, uma releitura do filme Ritmo Quente - Dirty Dancing; Dança Folclórica Carimbó “Ai, Menina”; entre outros ritmos

Por três dias, os assistidos pela APAE Macaé se destacaram durante o Festival Estadual Nossa Arte, realizado desde a última terça-feira, 21, no Teatro Popular Oscar Niemeyer, no Centro de Niterói.

Desenvolvido pela Federal Estadual das Apaes do Estado do Rio de Janeiro, com o apoio da Apae de Niterói, o evento visa promover a arte através de apresentações e exposições nas áreas de dança, teatro, música, folclore, artes visuais, artesanato e artes literárias, garantindo a integração e inclusão de pessoas com deficiência e o acesso à arte e à cultura.

Já no primeiro dia, os assistidos participaram da abertura da cerimônia do festival, registrando a presença da instituição de Macaé.

Nessa quarta-feira, 22, aproximadamente 500 pessoas na plateia foram ao delírio com apresentações emocionantes e cheias de originalidade. No palco, os assistidos da Apae Macaé fizeram encenação de Dança Clássica, uma releitura do filme Ritmo Quente - Dirty Dancing; Dança Folclórica Carimbó “Ai, Menina”; entre outros ritmos.

Nessa terça-feira, 23, a assistida pela instituição macaense, Mariana Silva de Paula, 12 anos, subiu ao palco para receber o prêmio (troféu e medalha), pela classificação em segundo lugar no Concurso Nacional de Cartazes 2019, com o tema Nossa Arte, promovido pela Federação Nacional das Apaes, no início do ano.

“Como presidente da APAE, estou emocionadíssima em poder participar de um evento tão grandioso como este, e poder mostrar o talento de nossos assistidos e conhecer os trabalhos realizados pelas Apaes do nosso estado. A nossa instituição, assim como todas as Apaes, vem inserindo nossos assistidos ao mundo em que vivemos sem que aconteça exclusão”, disse a presidente da APAE Macaé, Nátali Giovanna.

› FONTE: Ascom


sem comentários

Deixe o seu comentário