Macaé News
Cotação
RSS

Rio das Ostras recebe primeira Oficina de Palhaçaria da Região dos Lagos

Publicado em 25/04/2014 Editoria: Cultura 2 comentários Comente! Imprimir


Desde 1990 a Cia Baiana de Risos oferece oficinas de teatro por diversas cidades do país

Desde 1990 a Cia Baiana de Risos oferece oficinas de teatro por diversas cidades do país

Ser palhaço não é só colocar um na­riz vermelho, uma roupa engraçada e saber contar uma piada. Pensando em oferecer mais oportunidades para aqueles que se interessam no estu­do interpretativo do humor, a Cia Baiana de Risos vem realizando inúmeras oficinas por diversas cidades do país. Em Rio das Ostras, contan­do com o apoio da Fundação de Cultura e alguns patroci­nadores do comércio local, a companhia realizará a pri­meira oficina de palhaçaria da Região dos Lagos, que acontecerá na Casa de Cul­tura, nos dias oito, 15, 22 e 29 (quintas-feiras) de maio, sempre das 19h às 22h.

Pode participar da ofi­cina, qualquer pessoa com idade superior a 15 anos, desde que faça a inscrição na Casa de Cultura até o dia cinco de maio, ou através do e-mail produtosdeteatro@yahoo. com.br, sendo que há um li­mite de trinta vagas, portanto, é recomendado ao interessa­do que se inscreva o quanto antes. A oficina será gratuita e conta com a coordenação do ator, diretor e dramaturgo Al­berto Damit, que já participou de diversos trabalhos na Rede Globo e turnês de teatro por todo o Brasil.

De acordo com o coor­denador, a oficina de palha­çaria pretende desenvolver certos entendimentos in­terpretativos a cerca do per­sonagem palhaço, que vem a ser uma das mais antigas expressões sociais e artísti­cas da humanidade. “Esse personagem é muito mais do que uma figura maquia­da com um nariz vermelho, o palhaço representa os de­feitos da humanidade, seu ridículo, e tudo aquilo que ele rejeita e descarta. O ar­tista que pretende desempe­nhar um palhaço deve criá­-lo através de um processo no qual ele precisa desco­brir as máscaras que usa e despojar-se delas, para que possa emergir aquilo que elas tentam encobrir”, conta Alberto Damit.

Incentivando cada inte­grante a desenvolver ferra­mentas que possibilitam a criação de seu personagem, a oficina “Eu Palhaço” será dividida em três módulos: no primeiro é realizado um mapeamento sobre as ca­racterísticas de cada ator, e uma introdução ao uni­verso da palhaçaria. Já nos módulos seguintes, serão realizados estudos sobre a caracterização do palha­ço, através de exercícios de composição corporal, expressão vocal, indumen­tária e maquiagem. Ao final do programa, os integrantes participarão de uma apre­sentação final e receberão um certificado de conclusão do curso. Para mais infor­mações: (22) 98177-2611 ou (22) 99900-4034.

SOBRE A CIA BAIANA DE RISOS

Atuando dentro e fora dos palcos desde 1990, a Cia Baiana trabalha com personalida­des de diversas áreas de arte, buscando sempre o aperfeiçoamento e a compreensão do fazer teatro. No tablado, obteve grande destaque em todo o Brasil com a peça ‘Pre­tas Por Ter’, já no cinema, produziram alguns curtas-metragens como “Até Breve” , “A Partida” e “Nêgo”, todos disponíveis no You Tube.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


2 comentários

Deixe o seu comentário