Macaé News
Cotação
RSS

Educação de Macaé apresenta metas da segurança escolar

Publicado em 26/03/2019 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


Alinhar ações voltadas para segurança, policiamento preventivo e patrulha especial nas escolas. Este foi o objetivo da  reunião realizada na manhã desta terça-feira (26), na sede do 32º Batalhão da Polícia Militar (BPM), com representantes das secretarias de Educação dos municípios de Macaé, Carapebus, Quissamã, Casimiro de Abreu e Rio das Ostras. O encontro foi conduzido pelo major Leonardo Nogueira e contou com integrantes do Programa Educacional de Resistência às Drogas e Violência (Proerd), desenvolvido pela Polícia Militar. Em Macaé, o programa atende cerca de 300 alunos das turmas de  5º ano de cinco escolas municipais.

Presente, o secretário de Educação, Guto Garcia, elogiou a iniciativa e pontuou que parcerias como estas são essenciais para reforçar a segurança das unidades municipais de ensino. " Estamos à frente de ações efetivas, que visam a melhoria do ambiente escolar. A prioridade é melhor atender os alunos, profissionais da escola e comunidade escolar", pontuou. A ocasião contou com as presenças da Superintendente de Educação Integrada, Janaína Pinheiro e Coordenadora de Segurança Escolar, Patrícia Moura.

O major Leonardo Nogueira, anunciou que no mês de abril será realizado um curso específico para policiais militares e guardas civis municipais, que atuam nas escolas. Outra medida é que poderão ser solicitadas pelas escolas, conforme a demanda, palestras para pais ou responsáveis e específicas para turmas do segundo segmento do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano). A previsão é que a partir do segundo semestre, as atividades do Proerd sejam ampliadas para as turmas do 7º ano. O objetivo é a prevenção em relação a temas como bullying, violência, drogas e tomada de decisões

Durante o encontro foram apresentadas ações do 32º BPM, que visam a redução da criminalidade e violência nas escolas, melhoria na credibilidade da polícia, referência positiva dos policiais militares e melhor integração entre a educação e segurança. Para isso, o major Leonardo Nogueira,  anunciou que serão reforçadas atividades como, policiamento voltado para segurança escolar, auxílio às unidades com mais conflitos, estreitar relação entre a polícia e a comunidade, apoio ao Proerd e reforço da construção da relação de confiança entre a polícia e a juventude.

Segurança na rede municipal

Diante da proposta de minimizar qualquer tipo de violência nas escolas municipais, o secretário de Educação, Guto Garcia, divulgou uma série de medidas que fazem parte de um plano de ação específico. Entre elas:

1- Reforçar a parceria com a Guarda Civil Municipal para instalação de câmeras de vídeos nas proximidades das 15 escolas em que acontecem mais conflitos;

2- Instalação de alarmes e câmeras nas escolas municipais, por meio da verba do Programa de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino (PMDE), com o objetivo  de inibir vandalismo e roubos;

3- Licitação de carteirinha estudantil para ser utilizada na entrada dos espaços escolares;

4- Atendimento ao Ministério Público (MP) para elaboração de crachás e livro de entrada na portaria, com dados dos visitantes das escola;

5- Análise da estrutura de muros para possibilidade de ampliação;

6- Reforço na atuação de porteiros e/ou vigias escolares;

7- Intensificar parceria com a secretaria de Ordem Pública, para que os guardas municipais possam ficar durante todo dia, nas 30 escolas com maior índice de ocorrência;

8- Expandir a mediação escolar nas escolas municipais do segundo segmento do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano);

9- Expansão do PROERD para outras escolas do município;

10- Implementação do projeto &39;Papo de Responsa&39;, desenvolvido em parceria com a Polícia Civil.

› FONTE: Secom Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário