Macaé News
Cotação
RSS

Cadastro de animais no Programa de Controle Populacional é atualizado

Publicado em 14/03/2019 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


A Coordenação de Promoção da Saúde dos Animais do Centro de Controle de Zoonoses está atualizando o cadastro do Programa de Controle Populacional de Cães e Gatos. Uma das etapas é localizar quem já realizou o cadastro nos últimos dois anos, mas não levou o animal para  realizar a cirurgia de castração. A ação também prevê o controle de vacinação e saúde desses animais.

O coordenador especial de Promoção da Saúde dos Animais, Rafael Amorim, destaca que o programa atende cães e gatos de proprietários com renda per capita de meio salário mínimo, inscritos no Sistema Nacional de Cadastro Único. "A ação começou em janeiro e conta, até o momento, com 25 cadastros atualizados aguardando cirurgia. A meta é localizar mais 41 animais somente no Lagomar e mais 75 em outros bairros", destaca Rafael.
Para auxiliar a população, além da busca ativa indo até as residências das pessoas que já realizaram o cadastro, a Coordenação montou um posto fixo de atendimento no Lagomar. No local é possível  tirar dúvidas e obter mais informações. O atendimento acontece todas às quartas-feiras, de 9h às 16h, em frente à UPA, à Avenida José Ferreira Machado, s/n.0

Moradora do Lagomar há quatro meses, Luciene Theodoro procurou o local para obter mais informações sobre como realizar a  cirurgia de seus três cães. "Essa é uma oportunidade de evitar o crescimento desordenado de animais de rua. Vim de outro município e lá não tinha esse serviço. É excepcional a preocupação de Macaé com esse assunto", pontuou Luciene.

"A proposta é atender as pessoas de menor poder aquisitivo que não conseguem pagar um procedimento como esse. O programa municipal está respaldado na nova legislação federal (Lei 13.426/2017), que criou uma política de controle de natalidade de cães e gatos no Brasil. Nossa meta é continuar fazendo o cadastramento e castração nas áreas de maior índice de cães e gatos para evitar o surgimento de mais animais em situação de rua", avalia o Rafael, acrescentando que a expectativa é que novos cadastros sejam abertos no próximo semestre.

 

› FONTE: Secom Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário