Macaé News
Cotação
RSS

Desperdício de água multará consumidor em SP

Publicado em 18/04/2014 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


O secretário de Saneamento e Recursos Hídricos do estado de São Paulo, Mauro Arce, afirmou nesta quinta-feira que o governo pretende cobrar uma "multa" dos consumidores que aumentarem o uso de água. O objetivo é incentivar a economia de água após os recordes negativos do nível dos reservatórios  do Sistema Cantareira, que abastece a Grande São Paulo.

Racionamento
Pela primeira vez, o governador paulista Geraldo Alckmin (PSDB) admitiu que o racionamento é uma possibilidade. Ele disse não estar descartando o rodízio de abastecimento de água caso não cresça o nível dos reservatórios. Alckmin, porém, prefere apostar num incentivo à economia. “Acabamos de lançar uma campanha, do bônus, para as 32 cidades da região metropolitana. Vamos avaliar o bônus. Neste momento, não há necessidade”.

O MPF (Ministério Público Federal) diz que já identificou uma série de problemas na gestão dos reservatórios do estado de São Paulo. O grupo de trabalho sobre águas do ministério afirma que a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo)  não cumpriu as regras previstas na outorga do Sistema Cantareira.

Segundo a promotora Alexandra Faccioli Martins, entrevistada pela BandNews FM, a companhia de abastecimento de São Paulo, mesmo sem chuvas, não reduziu a retirada de água do sistema. 

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário