Macaé News
Cotação
RSS

Livro ‘Relatos e Personagens na História de Macaé’ revive a memória do município

Publicado em 17/04/2014 Editoria: Cultura sem comentários Comente! Imprimir


Homenageando os 200 anos de Macaé, lançamento também comemora os 10 anos do Solar dos Mellos
 
O livro ‘Relatos e Personagens na História de Macaé’ – foi mais um lançamento em comemora- ção aos 200 anos da cidade, e dos dez anos da fundação museu do Solar dos Mellos. A caga páginas o resgate da memória e da cultura minucioso dos macaenses, bem como um incentivo a sua preservação. A parceria foi feita entre a Fundação Macaé de Cultura (FMC) e a Vice-Presidência do Acervo e Patrimônio Histórico, através da secretaria municipal de educação.
 
O livro, que reconta a história do município em 128 páginas e tem na ilustração o artista plástico Marcelo Vitiello, dividido em três partes, ou seja, a Macaé Colônia, que abre a obra retratando o processo de ocupação, povoamento, aldeamento dos índios Guarulhos, a constituição e os desmembramentos das freguesias que, posteriormente, deram origem ao município, a Macaé Imperial, que é contada na segunda parte com os relatos de acontecimentos que marcam a passagem do território macaense, da condição de freguesia à situação de vila e a sua elevação a cidade, e por último, o livro fala sobre a Macaé republicana, trazendo para os leitores uma apresentação geral da cidade e das transformações vividas ao longo do século 20.
 
“A realização desse trabalho para mim foi algo de grande importância, pois possibilitou que os macaenses pudessem conhecer os meus trabalhos”, conta o ilustrador Marcelo Vitielo. Para ele, o livro será um legado para as próximas gerações de macaenses que poderão conhecer a origem de sua cidade. “Estou muito feliz de ter participado deste momento histórico em que Macaé está passando” acrescenta.
 
Segundo o presidente da FMC, Juliano Fonseca, ‘Relatos e Personagens na História de Macaé’ é uma oportunidade de promover a educação patrimonial, a qual define como um conjunto de bens culturais que precisam ser vividos. “Vamos distribuir o livro para toda a rede de ensino municipal. Cada escola receberá um baú que inclui esta obra e outra lançada no ano passado, Imagens do Século, além de um CD contendo o Hino de Macaé”, afirma Juliano.
 
O lançamento do livro abrilhantou ainda a abertura da exposição Cézar Mello: entre trigos e letras. O evento contou com a presença de representantes do poder Executivo e Legilativo, além de alunos da Escola Estadual municipalizada Raul Veiga e integrantes do curso técnico de Teatro da Escola Municipal de Artes Maria José Guedes (Emart), que fizeram uma apresentação musical.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário