Macaé News
Cotação
RSS

Paixão de Cristo reunirá atores nacionais em Rio das Ostras e Macaé nesta sexta

Publicado em 17/04/2014 Editoria: Cultura sem comentários Comente! Imprimir


Divulgação

Divulgação

» Passagem bíblica ganha versões atualizadas para moradores e turistas receberem as mensagens 
de fé e esperança
 
Moradores e visitantes poderão relembrar os últimos passos de Jesus antes de sua morte na cruz com atores renomados na região.  Em Macaé, Totia Meireles, Carla Marins e Nando Rodrigues contracenarem em apresentações nos dias 18 e 19, às 20h30, no Parque da Cidade, reunindo cerca de 40 atores. Em ambas as cidades, a entrada é franca. Já em Rio das Ostras, Milton Gonçalves, Maurício Mattar e Miguel Thiré, são os destaques da encenação que ocorrerá nesta sexta-feira, dia 18, na Avenida Beira-Rio, no Centro, às 20h30. 
 
Jesus Cristo será protagonizado pelo ator Nando Rodrigues em Macé. Ele viveu o personagem Virgílio na fase jovem na novela Em Família, da TV Globo. Ainda no elenco principal, as atrizes Totia Meireles, representando Maria, mãe de Jesus, e Carla Marins, interpretando Maria Madalena. O texto é uma adaptação da história bíblica feita pelo dramaturgo macaense Márcio Gonçalves. Assinando a direção do espetáculo estão Daniel Herz, João Marcelo Pallottino e Wendell Bendelack. A peça se desenvolve a partir do conceito da celebração em torno da mesa da Santa Ceia: um simbolismo de encontro, troca, reunião de ideias e relação entre os apóstolos. Através dos tempos, a mesa representa o lugar onde a humanidade se reúne para comungar momentos, experiências e afetos.
 
Além dos artistas globais, a apresentação de Rio das Ostras contará com atores locais e do Centro de Formação Artística do Município. O texto é de Ginaldo de Souza e reflete sobre as ações humanas em torno do poder, pregando uma mensagem de fé e esperança. A peça tem a proposta de se comunicar com a plateia por meio de diversos símbolos, como as cores, estabelecendo uma relação entre a arte e a religião. 
 
Com o objetivo de oferecer ao público riostrense ampla visibilidade do cenário e artistas, haverá um palco com três níveis de altura. Dezenas de banheiros químicos estarão disponíveis para o público. O número de cadeiras para portadores de deficiência e idosos também aumentou de 300 para 1 mil lugares. A encenação busca despertar no público um olhar diferenciado sobre o sofrimento das mães no cotidiano cruel dos grandes centros urbanos. O objetivo é comparar a vida das mulheres atuais com a angústia de Maria, mãe de Jesus, que viu seu próprio filho morrer de forma impiedosa.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário