Macaé News
Cotação
RSS

Meditação desperta o interesse no Antigo Palácio da Justiça

Publicado em 22/01/2019 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


Um grupo de servidores tem participado das sessões semanais de meditação zen, sob orientação de integrantes do Templo Budista Einnji, localizado em Copacabana. Os encontros são realizados no Espaço Ecumênico no Antigo Palácio da Justiça/ CCMJ, na Rua Dom Manuel, Centro, fora do horário do expediente e sempre às sextas-feiras, das 10h às 11h.

Foi idealizada pela juíza Maria Cecília Pinto Gonçalves, da 52ª Vara Cível do TJRJ, a proposta de levar o conhecimento e a prática da meditação aos servidores, como alternativa para a redução do nível de estresse e outros benefícios da saúde. Praticante da meditação como forma de enfrentar os desafios diários impostos pela sua profissão, a juíza decidiu difundir essa técnica aos funcionários. E ficou surpresa com a aceitação, já que a frequência registrada é de mais de 25 adeptos somente nessas duas sessões do ano. O acesso é livre, não é necessário se inscrever previamente e nem usar roupas especiais.

A meditação é uma prática milenar de autorregulação do corpo e da mente. É um conjunto de técnicas utilizado para treinar a percepção da atenção e, realizada com regularidade, traz benefícios como a diminuição dos níveis de estresse, melhoria do sistema cardiovascular e reforço do sistema imunológico. Segundo os praticantes, a meditação atua como fator de mudança na qualidade de vida.

PC/ SF

› FONTE: Procuradoria Geral do Estado - PGE


sem comentários

Deixe o seu comentário