Macaé News
Cotação
RSS

Programa em parceria com a Petrobras ampliará a oferta de qualificação profissional

Publicado em 16/04/2014 Editoria: Macaé sem comentários Comente! Imprimir


Ana Chaffin

Ana Chaffin

O Programa de Desenvolvimento para Macaé e Região (Prodesmar) com foco na qualificação profissional será ampliado em Macaé, a partir do segundo semestre deste ano, com a renovação do convênio por mais dois anos. Com isso, a oferta de cursos passará de 35 para 53 e a carga horária será estendida de uma média de 40 horas para de 160 a 360 horas-aula. Os cursos previstos vão ser ministrados na Secretaria de Trabalho e Renda/Centro de Educação Tecnológica e Profissional (Cetep). 

No convênio que foi firmado em 2008, a Petrobras é patrocinadora de cursos - não somente voltados para a cadeia de petróleo e gás - que são gerenciados pela Prefeitura. O objetivo é a geração de emprego e renda. Cerca de R$ 3 milhões foram investidos de 2008 a 2011, beneficiando quase 9 mil jovens. 

O Cetep já agregou 18 outras empresas parceiras para a qualificação profissional no município. A associação entre poder público e empresas instaladas em Macaé têm resultado em um alto índice de empregabilidade daqueles que passam pelas formações oferecidas, de 60 a 70%. 

- O desenvolvimento econômico tem que caminhar junto com o desenvolvimento social. O Cetep promove alto nível de empregabilidade e, por meio do Fundo Municipal de Desenvolvimento Econômico e Social (Fumdec), estimulamos o empreendedorismo, oferecendo microcréditos de até R$ 4 mil para aqueles que desejam abrir ou ampliar seus negócios -, pontuou o prefeito Dr. Aluízio. 

Por meio dos convênios com as empresas locais, o Cetep abrirá, durante o evento comemorativo do Dia do Trabalho (1º de maio), no Parque da Cidade, inscrições para 380 vagas em diversos cursos. Atualmente, cerca de mil estudantes são beneficiados em Macaé. A partir deste ano, o Prodesmar deverá incluir os municípios de Rio das Ostras e Carapebus, vindo a contemplar boa parte da região Norte Fluminense.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário

Digite as palavras abaixo: