Macaé News
Cotação
RSS

Prefeitura de Macaé realiza desocupação de área na Fronteira

Publicado em 14/01/2019 Editoria: Cotidiano sem comentários Comente! Imprimir


da Polícia Militar, foi responsável pela desocupação de área pública e de risco, nesta segunda-feira (14). O trabalho contou com a demolição de 10 casas na Fronteira, localizadas na Avenida Beira Ma

da Polícia Militar, foi responsável pela desocupação de área pública e de risco, nesta segunda-feira (14). O trabalho contou com a demolição de 10 casas na Fronteira, localizadas na Avenida Beira Ma

A Comissão de Pronta Ação, da Prefeitura de Macaé, com o apoio da Polícia Militar, foi responsável pela desocupação de área pública e de risco, nesta segunda-feira (14). O trabalho contou com a demolição de 10 casas na Fronteira, localizadas na Avenida Beira Mar.

De acordo com informações do secretário de Ordem Pública, Sebastião Carneiro, a ação segue determinação judicial do Ministério Público e a intenção é que essas casas não sejam mais ocupadas, pois representam risco para às pessoas. "A equipe da Defesa Civil já realizou diagnóstico apontando que algumas construções estavam em área de risco, principalmente quando ocorre o período de ressacas", disse.

A ação foi acompanhada e coordenada também pela equipe da Secretaria Municipal Adjunta de Habitação, que atuou no local com assistente social, engenheira e arquiteto. Segundo informações da engenheira Ana Paula Paiva, só foram demolidas casas que estão vazias. "Nós não iremos derrubar nenhuma casa que está habitada e só serão derrubadas as que a justiça determinou. Temos assistente social atuando, caso alguma família tenha alguma dúvida", explicou.

Ainda de acordo com Ana Paula Paiva, cerca de 15 famílias que estavam adequadas à política de habitação foram realocadas para o Conjunto Habitacional Prefeito Carlos Emir, no Bosque Azul.

A Comissão de Pronta Ação é formada pelas secretarias municipais de Ordem Pública, Ambiente e Sustentabilidade, Mobilidade Urbana, Desenvolvimento Social, Direitos Humanos e Acessibilidade, Procuradoria Geral do Município e Adjuntas de Obras, Serviços Públicos e Habitação.

› FONTE: Secom Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário