Macaé News
Cotação
RSS

Macaé participa de feira estadual de ciência

Publicado em 29/11/2018 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


Escolas municipais vão representar Macaé na maior Feira de Ciência, Tecnologia e Inovação do Estado do Rio de Janeiro (Fecti) nesta sexta-feira (30) e sábado (1° de dezembro), no Centro Federal de Educação Tecnológica (Cefet)/Campus Maracanã, no Rio de Janeiro. Os trabalhos que serão apresentados são "Agrotóxico Mata" da Escola Municipal Olga Benário Prestes (São José do Barreto), "Corrida na Mata Atlântica/Eco Quest" com a equipe da Escola Municipal Polivalente Anísio Teixeira (Costa do Sol) e "Presença de aves como indicadores para atividades pesqueiras no Rio Macaé" com estudantes do Colégio Municipal Maria Letícia Santos Carvalho (Novo Cavaleiros).

A feira reúne estudantes do 6º ao 9º ano do Ensino Fundamental, Médio e técnico, que terão a oportunidade de apresentar projetos de Biologia, Saúde, Tecnologia, Ciências Exatas e Tecnologia. Durante o evento, com entrada gratuita, os estudantes irão expor seus trabalhos ao público e à comissão de avaliação científica, composta por professores e pesquisadores ligados a instituições de ensino e pesquisa e museus de ciência. Os escolhidos para a mostra final serão publicados nos canais da XII Fecti, em meio digital. Ao término do evento, os alunos e professores receberão certificado de participação e os vencedores em cada categoria serão premiados.

Haverá troféu para a escola onde foi desenvolvido o projeto melhor colocado em cada uma das seis categorias, medalhas para estudantes e professores dos três melhores trabalhos em cada categoria e prêmio Divulgação Científica – Medalhas para estudantes e professores autores do melhor projeto escrito.

Os estudantes autores dos trabalhos premiados que estiverem cursando o Ensino Médio ou técnico até o final de 2019 na mesma escola em que desenvolveram o trabalho premiado, irão concorrer a nove bolsas de Iniciação Científica Júnior do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Caso não haja estudantes do ensino médio/técnico aptos, a chance será para o aluno do Ensino Fundamental II que estiver estudando até o final de 2019, na mesma escola em que desenvolveu o trabalho premiado.

Com base nas avaliações da Comissão Científica, a coordenação da FECTI também vai apresentar como prêmio a indicação para participar de feiras parceiras como Ciência Jovem, Febrace e Mostratec.

Alunos aprimoram raciocínio lógico

Os trabalhos de Macaé foram selecionados na V Feira das Ciências de Macaé (Fecimac), que aconteceu em outubro, na Cidade Universitária. Os alunos trabalham com raciocínio lógico, comunicação oral, criatividade, socialização e descoberta de talentos.

De acordo com a coordenadora de Meio Ambiente da rede municipal, Rosemere Novaes, Macaé segue com a proposta de incentivar a elaboração de projetos de iniciação científicas nas unidades municipais.

Assim como no ano letivo de 2017, o destaque da Feira de Ciências também foi a temática "A Matemática está em tudo", com produções de experiências. No decorrer deste ano, alunos dos segmentos da Educação Infantil, Ensino Fundamental e Médio apresentaram trabalhos, frutos de pesquisas desenvolvidas nas salas de aula nas feiras de ciências realizadas nos espaços escolares. O objetivo, segundo a superintendente de Educação Integrada, Janaína Pinheiro, é possibilitar a oportunidade de construir o conhecimento de forma interdisciplinar e criativa.

› FONTE: Secom Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário