Macaé News
Cotação
RSS

Alunos recebem avaliação nutricional da UFRJ

Publicado em 05/10/2018 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


Cerca de 200  alunos da Escola Municipal de Educação Infantil Anna Benedicta da Silva Santos participaram nesta sexta-feira (5) de avaliação nutricional com pesagem e antropometria (medição de altura). A ação, realizada por alunos  do 3º período do curso de Nutrição do polo Macaé da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), contou com acompanhamento da equipe de Nutrição da Secretaria de Educação.

A programação segue na próxima semana em data a ser definida. O objetivo é destacar a qualidade de vida dos alunos  com a produção de relatório específico com percentual de baixo e excesso de peso, além de eutrofia (peso adequado). Além do trabalho voltado para a prevenção e saúde, a escola está promovendo a Semana da Criança, que se estende até quinta-feira (11) com atividades voltadas para arte e diversão.

A avaliação nutricional junto aos estudantes faz parte da disciplina Métodos de  Investigação Aplicada e teve o acompanhamento da nutricionista da rede municipal, Mariana Rosa e a professora do curso de Nutrição, Nayara Sperandio, que destacou que o objetivo do trabalho é também  contribuir  com pais e educadores. "A proposta é  conhecer dados e produzir um relatório com índices de baixo peso, obesidade infantil e peso adequado. O material é elaborado junto aos nutricionistas que atuam na Secretaria de Educação, e depois de concluído é entregue à escola", pontua. Além disso, pais ou responsáveis também receberão uma ficha individual infantil com peso e estatura do estudante.

Na oportunidade, a garotada na faixa de dois a cinco anos, teve o peso e altura analisados. Entre eles estavam os pequenos Eloah Kemilly Almeida Santos e Jorge Francisco Lopes dos Anjos de Paula. "Gosto muito de frutas. Minha professora diz que faz bem para saúde", contou Eloah. Para  executar a ação na escola, os universitários passaram por um treinamento específico no Laboratório de Avaliação Nutricional  do campus Macaé.
Conforme o diagnóstico, o responsável será orientado a procurar a rede de proteção básica. "Se for detectado problema nutricional, os pais  devem procurar a Casa da Criança e do Adolescente", ressaltou Nayara, ao destacar que o cuidado com os lanches industrializados em casa e na escola é essencial.

Para a diretora da Escola Municipal de Educação Infantil, Giseli Abreu, a visita da equipe é muito bem-vinda. "O tema alimentação saudável faz parte do projeto político pedagógico da unidade. No decorrer de todo ano são realizadas oficinas, atividades e lanches saudáveis junto aos 370 alunos", pontua.

Já a nutricionista da rede municipal, Mariana Rosa, lembra que a educação de Macaé segue o lema da Semana de Educação Alimentar realizada em maio nas escolas municipais, que tem como tema "Nosso corpo, nossa casa: obesidade  e ambiente". "A proposta é incentivar a alimentação saudável até o final do ano letivo", explica.

Novos projetos-  Além da avaliação nutricional, o campus Macaé da UFRJ  também está à frente  do projeto de extensão "Núcleo de Estudos Saúde e  Nutrição nas Escolas", que desenvolve oficinas,  dinâmicas, mostras, exibição de vídeo, rodas de conversa e apresentações teatrais sobre a importância da  educação junto aos alunos da unidades municipais Lions (Glória) e Coquinho (Praia Campista).

No Colégio Municipal Coquinho está sendo desenvolvido um trabalho  específico sobre avaliação da merenda e da alimentação dos alunos em casa. Além disso, os professores também estão respondendo questionários  sobre a saúde do trabalhador.

› FONTE: Secom Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário