Macaé News
Cotação
RSS

Curso básico de Espanhol segue na rede municipal em Macaé

Publicado em 10/04/2014 Editoria: Educação sem comentários Comente! Imprimir


Cerca de 300 alunos de sete unidades da rede municipal participam do projeto de língua estrangeira na modalidade básica de Espanhol. O objetivo é apresentar a linguagem espanhola e reforçar o ensino do aluno diante da comunicação.  

Diante das aulas semanais, os estudantes estão tendo a oportunidade de desenvolver as habilidades básicas da comunicação (fala, escrita e leitura) em nivel básico. A intenção da secretaria de Educação é ampliar o quantitativo de escolas, que recebem o projeto. 

O projeto, que segue até o mês de dezembro, está sendo ministrado nos polos das unidades municipais da área central;  Professora Maria Isabel Damasceno Simão, Maria Letícia Santos Carvalho, Oscar Cordeiro, Samuel Brust e Elza Ibrahim. As aulas também são ministradas na Serra, na Escola Municipal Natálio Salvador Antunes (Córrego do Ouro). 

Os alunos, que fazem parte das turmas de 6º ao 9º ano e Ensino Médio, receberam apostilas gratuitas elaboradas pelos professores e Coordenação Pedagógica do Ensino Fundamental do segundo segmento.  

Conforme a Coordenação Pedagógica, o módulo básico tem como propostas específicas destacar um novo vocabulário para o ensino municipal, conhecer e valorizar a cultura hispânica e enfatizar a importância da pluralidade cultural. 

Segundo a secretária de Educação, Lúcia Thomaz, esta é a oportunidade dos alunos se capacitarem diante do estudo de Espanhol, reconhecida como a quarta língua mais falada do mundo, e considerado um dos mais importantes nos encontros internacionais, políticos e de negócios. 

- Este é mais um investimento na rede municipal de ensino para o desenvolvimento do processo ensino-aprendizagem. Durante o projeto, a língua espanhola é utilizada para o desenvolvimento de valores éticos e de cidadania -, disse. 

Ela lembrou que muitos professores têm a oportunidade de trabalhar obras primas da literatura universal escritas em espanhol, como "Dom Quixote de La Mancha" e "Cem Anos de Solidão". 

Já a coordenadora Pedagógica do Ensino Fundamental II, Renata  Quintanilha Alfradique, pontuou que o curso tem a proposta de enriquecer o curriculum do aluno. “A demanda para aprender Espanhol aumentou mais do que o dobro nos últimos dez anos. Esta é a chance para os estudantes conhecerem outras línguas estrangeiras, além do Inglês”, finalizou.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário