Macaé News
Cotação
RSS

Casimiro de Abreu é um dos três municípios selecionados no País pelo Edital Cidade+ para implantar coleta seletiva

Publicado em 12/09/2018 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


A coleta seletiva vem somar com a vocação natural da nossa cidade

A coleta seletiva vem somar com a vocação natural da nossa cidade

Foram 600 inscritos de todo o Brasil e Casimiro de Abreu foi um dos três municípios, sendo o único do estado do Rio, selecionados pelo Edital Cidade+ para colocar em prática um programa de coleta seletiva sustentável. A cidade foi escolhida por atender importantes premissas, além de demonstrar engajamento do poder público e um ambiente propício para o desenvolvimento do projeto. A divulgação dos finalistas aconteceu nesta segunda-feira, dia 10.

O prefeito de Casimiro de Abreu, Paulo Dames, destacou as belezas naturais do município e sua forte vocação turística. "Casimiro é uma cidade com qualidade de vida. Abençoada por suas belezas naturais que queremos preservar. A coleta seletiva vem somar com a vocação natural da nossa cidade", ressaltou Paulo Dames.

Além da importância da redução do impacto do lixo, o prefeito destacou o ganho social e econômico da reciclagem. "A coleta do lixo domiciliar já é feita diariamente em toda a cidade. Esses resíduos seguem para a área de transbordo, na localidade do Ribeirão, onde temos o projeto de transformar em uma Central de Triagem. Nossa proposta é aperfeiçoar ainda mais o gerenciamento do nosso resíduo, gerando emprego e renda para muitas famílias", falou.

De acordo com a secretária Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Denise Rambaldi, o próximo passo da Prefeitura é reunir a equipe técnica do município envolvida no Sistema Integrado de Gestão de Resíduos Sólidos com os profissionais do Instituto Recicleiros para fazer dar início a elaboração do Plano Municipal de Coleta Seletiva. "Nossa intenção é ter este plano pronto no início do próximo ano para podermos colocá-lo em prática já no segundo semestre", falou.

Programa Cidade+
Com a promessa de transformar as cidades brasileiras em um lugar melhor para se viver, o Programa Cidade+, iniciativa da Recicleiros e SIG Combibloc, tem como objetivo principal qualificar as práticas de gestão de resíduos do município, impulsionando a reciclagem para, além de atrair investimentos para sua implantação e operação, criar um ecossistema perene e economicamente viável.

O Programa Cidade+ é um atalho para a efetivação desse processo e para a harmonização de interesses entre o setor público e o privado. “Temos comprovado com as nossas experiências que existem gestores e servidores públicos altamente comprometidos com as questões de sustentabilidade e qualidade de vida e que esse incentivo pode ser a chave para a mudança nesses territórios”, comenta Isabela De Marchi, coordenadora de sustentabilidade da SIG.

Além de Casimiro (RJ), foram selecionadas Mairinque (SP) e Naviraí (MS). Os vencedores vão receber consultoria técnica gratuita para o desenvolvimento do plano de reciclagem e coleta seletiva.

Casimiro de Abreu privilegiada por natureza
Localizada a cerca de 130 km da capital, Casimiro de Abreu foi abençoada pela natureza que preserva até hoje. Praticamente todo o município está inserido em unidades de conservação, sendo que 30% de seu território são cobertos pela densa Mata Atlântica, onde vive o mico-leão-dourado, espécie endêmica da região.

A cidade também possui uma importância histórica e cultural, e preserva a casa que pertenceu à família do principal poeta romancista do século XIX, Casimiro de Abreu.

É possível chegar a Casimiro de Abreu por dois caminhos. A rodovia Amaral Peixoto (RJ-106) leva a Barra de São João, principal distrito do município. O visitante é recebido pela bela imagem da Igreja de São João Batista, erguida em 1619, e a ponte caída que adorna a foz do rio São João. Atrás da capela encontra-se uma singela sepultura onde o poeta foi enterrado. O distrito ainda abriga a casa onde ele nasceu e passou a maior parte de sua infância. O espaço, tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), virou o Museu Casa de Casimiro de Abreu e abriga objetos, fotografias, cartas e livros do poeta. O distrito também preserva vários casarios da época colonial que se concentram na Beira-rio, compondo um cenário bucólico e encantador.

Pela BR-101, o visitante chega à sede do município. As palmeiras nas margens da rodovia anunciam a chegada. É lá que estão os poderes Legislativo, Executivo e o Judiciário. Acolhedora e simpática, a sede da cidade concentra a maior parte da população.

Casimiro de Abreu ainda abriga uma região serrana impressionante. O acesso se dá pela rodovia Serramar (RJ-142), que vai até o município de Nova Friburgo, na região serrana fluminense. O rio Macaé margeia a estrada e proporciona cenários encantadores em meio a Mata Atlântica. Esta região é rica em cachoeiras, trilhas ecológicas e pontos irresistíveis para o banho de rio, que ainda conta com pistas ideais para a prática do rafting. Casimiro de Abreu pode ser considerada como um município “produtor de águas”, devido ao grande número de nascentes de rios e águas com potencial mineral. A cidade  litorânea, com rios e cachoeiras, é polo de turismo ecológico.

› FONTE: ascom


sem comentários

Deixe o seu comentário