Macaé News
Cotação
RSS

Reunião discute projeto de banco de leite

Publicado em 29/08/2018 Editoria: Saúde sem comentários Comente! Imprimir


Representantes da Secretaria de Saúde e do grupo Amor Líquido se reuniram nesta quarta-feira (29) para analisar o projeto do banco de leite, que deverá ser implantado no Hospital Público de Macaé (HPM). A iniciativa servirá como importante suporte para as crianças internadas na UTI Neonatal porque facilita a recuperação e o desenvolvimento do bebê, atendendo a demanda de muitas mães da cidade.

O secretário de Saúde, Gustavo Gusmão, afirmou que a implantação requer estrutura complexa de suporte. "Estamos dialogando e conhecendo de perto o projeto para que ele seja implantado em nosso município. Fiz ofício para enviá-lo para a Secretaria de Obras, para que seja orçado", informou.

Ele destacou ainda que o banco de leite deverá contar com profissionais especializados com estrutura que atenda às exigências da Resolução número 171, da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), que dispõe sobre o regulamento técnico para o funcionamento de Banco de Leite Humano.

Orientações sobre amamentação serão repassadas

Uma das integrantes do grupo "Amor Líquido", a psicóloga Aline Oliveira, conta que além da criação de um banco de leite no município, a intenção é manter o estoque, apoiar as mães, fornecendo informações importantes sobre a amamentação.

Participaram do encontro a integrante do grupo Amor Líquido, a consultora em amamentação, Lívia Sá; as nutricionistas do Hospital Público de Macaé, Regina Cerbino e Evelin Pimentel; e os arquitetos da Secretaria de Obras, Cláudia Coquito e Alexandre Peixoto.

› FONTE: SECOM


sem comentários

Deixe o seu comentário