Macaé News
Cotação
RSS

Programa da prefeitura de Macaé auxilia no controle da obesidade infantil

Publicado em 24/08/2018 Editoria: Saúde sem comentários Comente! Imprimir


Para o enfrentamento, foi iniciado um trabalho específico voltado para este público

Para o enfrentamento, foi iniciado um trabalho específico voltado para este público

Em Macaé, a Secretaria de Saúde, por meio da Divisão Especial da Área Técnica de Alimentação e Nutrição (Catan), verificou que 30% das crianças e adolescentes do município está com sobrepeso e obesidade. Para o enfrentamento, foi iniciado um trabalho específico voltado para este público. 

O Núcleo de Apoio à Criança e o Adolescente com sobrepeso e obesidade, está funcionando na Casa da Criança e do Adolescente e conta com uma equipe multiprofissional composta por nutricionistas, psicólogo, pediatra e endocrinologista infantil.

Programa da prefeitura auxilia no controle da obesidade infantil 

A falta de atividade física e alimentação rica em doces, salgadinhos, frituras e industrializados, cada vez mais cedo, tem aumentado o número de crianças com excesso de peso. Em Macaé, a Secretaria de Saúde, por meio da Divisão Especial da Área Técnica de Alimentação e Nutrição (Catan), verificou que 30% das crianças e adolescentes do município está com sobrepeso e obesidade. Para o enfrentamento, foi iniciado um trabalho específico voltado para este público. 

O Núcleo de Apoio à Criança e o Adolescente com sobrepeso e obesidade está funcionando na Casa da Criança e do Adolescente e conta com uma equipe multiprofissional composta por nutricionistas, psicólogo, pediatra e endocrinologista infantil.

De acordo com a nutricionista Ana Gláucia Guariento, atualmente, 100 crianças e adolescentes estão em atendimento. Os usuários chegam ao serviço através do Programa Saúde na Escola (PSE), em parceria com a Secretaria de Educação, encaminhamento do pediatra ou demanda espontânea.     

A dona de casa, Lara Martins foi orientada pelo pediatra para fazer o acompanhamento da sua filha, Larissa, de 7 anos, no Núcleo. Ela começou o acompanhamento há dois meses, e alguns hábitos estão sendo mudados.

- A Larissa come de tudo, frutas, legumes e verduras, mas também gosta de biscoitos e refrigerantes. Com a orientação da equipe, já reduzimos esses produtos e estamos fazendo as receitas que recebemos da nutricionista -, contou acrescentando que uma das receitas solicitadas pela filha é o pão de queijo feito com inhame ou batata doce. 

A nutricionista explica que este é um momento de parceria e não de imposição, pois é preciso o entendimento da criança sobre o processo e, consequentemente, a sua adesão. "Para que entendam todo trabalho oferecemos receitas lúdicas, associadas a uma mudança gradativa do hábito alimentar",explicou.

O trabalho nas escolas da rede municipal é feito pelas profissionais da Catan e do PSE que visa à integração e articulação da educação e da saúde, proporcionando melhoria da qualidade de vida dos alunos. Num primeiro momento, a ação consiste em uma avaliação nutricional dos alunos das escolas parceiras do PSE e os estudantes diagnosticados com sobrepeso e obesidade são encaminhados ao Núcleo onde são acolhidos pelo programa que inicia o acompanhamento. Os professores também são capacitados para promoverem ações de educação alimentar e nutricional, além do estimulo à horta em casa. Os pais também são envolvidos no processo de mudança de hábitos alimentares e de atividade física dos filhos.

Sisvan - O Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional (Sisvan) é uma ferramenta de coleta, análise e disseminação de informações que são utilizadas para o planejamento de várias ações, como o incentivo à promoção da saúde e alimentação saudável.

Através dos dados do Sisvan, a equipe da Catan verificou que no município há uma alta prevalência de excesso de peso nas crianças e adolescentes. Em 2016, cerca de 1.381 jovens menores de 20 anos estavam com excesso de peso (sobrepeso e obesidade).

A implementação de um serviço voltado para o acompanhamento nutricional das crianças e adolescentes com excesso de peso visa à manutenção do crescimento e da saúde da criança com ênfase na construção de hábitos saudáveis.

As crianças e adolescentes assistidos pelo serviço recebem o acompanhamento por um ano e, de acordo com o grau de sobrepeso, as consultas acontecem mensalmente ou a cada três meses. Depois deste período se o objetivos forem alcançados, as consultas passam a ser semestrais ou anuais, dependendo do grau de obesidade.

A Casa da Criança e do Adolescente funciona na rua Francisco Portela nº 91 - Centro, das 7h às 19h.

Receita de pão de queijo

Ingredientes:

1 xícara de purê de inhame ou batata doce

1 xícara de polvilho azedo

1 xícara de polvilho doce

1/4 de xícara de azeite

1/4 de xícara água

1 colher de sopa de chia

sal a gosto

Modo de preparo: coloque todos os ingredientes em uma vasilha. Amasse bem com as mãos. Unte uma forma. Faça bolinhas. Leve para assar.

Dica: pode congelar os pãezinhos antes de assar.

› FONTE: SECOM Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário