Macaé News
Cotação
RSS

Levantamento vai mapear índice de infestação do Aedes aegypti

Publicado em 06/08/2018 Editoria: Geral sem comentários Comente! Imprimir


O mosquito causa doenças como dengue, chicungunha, zika vírus e febre amarela

O mosquito causa doenças como dengue, chicungunha, zika vírus e febre amarela

Agentes de combate a endemias do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), da Secretaria de Saúde, iniciaram nesta segunda-feira (6) o Levantamento Rápido de Índice para o Aedes aegypti (LIRAa) em todos os bairros da área urbana e Região Serrana. O objetivo é mapear o índice de presença do mosquito e traçar estratégias para a realização de mutirões, palestras educativas, entre outras ações. O trabalho deverá estar concluído na sexta-feira (10). O mosquito causa doenças como dengue, chicungunha, zika vírus e febre amarela.

De acordo com informações do supervisor geral do CCZ, Marcial Vieira, cem agentes de endemias visitarão 4.976 imóveis na área urbana. Ele explica que esse é o quarto LIRAa realizado este ano e o município apresenta índices satisfatórios, de acordo com o Ministério da Saúde.

- No mês de janeiro, o resultado foi 1,6; em fevereiro, 1,3 e em maio, quando o último levantamento foi realizado, o índice foi 0,7. Isso significa que a população está mais consciente sobre a importância de se combater o mosquito Aedes e evitar a proliferação das larvas - disse, acrescentando que os principais locais onde os agentes encontram focos do mosquito continuam sendo em caixas d´água sem tampa, tambores, sanitários e vasos de plantas.

A orientação do Centro de Controle de Zoonoses é de que a população não deve descuidar, mesmo no período do inverno e, sempre que possível, vistoriar o quintal e verificar se existe água acumulada que serve de possíveis focos do mosquito Aedes aegypti.

Solicitações de visitas, palestras ou dúvidas o cidadão poderá entrar em contato com o Centro de Controle de Zoonoses pelo telefone 0800-022-6461 e no e-mail:cczmacae@yahoo.com.br.

 

› FONTE: SECOM Macaé


sem comentários

Deixe o seu comentário