Macaé News
Cotação
RSS

‘Estou bem’, dizem meninos presos em caverna na Tailândia em cartas

Publicado em 07/07/2018 Editoria: Mundo sem comentários Comente! Imprimir


Os doze meninos presos em uma caverna da Tailândia há 14 dias enviaram hoje, com a ajuda dos mergulhadores, cartas a suas famílias, ao mesmo tempo que as equipes de emergência mencionam um prazo de três a quatro dias para o resgate antes do retorno das chuvas.

O treinador de futebol dos menores de idade, que está com o grupo na caverna, também enviou uma carta aos pais das crianças, na qual pede desculpas: “Obrigado por todo o apoio moral e peço desculpas aos pais”, escreveu Ekkapol Chantawong, de 25 anos, no texto divulgado pelos socorristas. “Para todos os pais, todas as crianças ainda estão bem. Eu prometo cuidar das crianças da melhor forma possível”, escreveu.

Esta é a primeira mensagem do técnico, cujo papel na situação em que se encontram os meninos provocou polarização nas mídias sociais na Tailândia. Muitos o elogiaram depois que ele deu sua parte de comida às crianças antes de serem localizadas e as ajudou a atravessar nove dias na escuridão. Outros o criticaram por ter concordado em levar os meninos para dentro de uma caverna durante a temporada das chuvas de monções.

Os pais responderam ao técnico, pedindo para que ele não se culpe. “Nós não estamos bravos com você. Cuide bem de si mesmo. Não se esqueça de se cobrir com cobertores quando o tempo estiver frio. Estávamos preocupados. Você sairá em breve”, disse uma carta, escrita pela mãe de Nattawut Takamsai de 14 anos. “Queremos que você saiba que nenhum pai está com raiva de você, então não se preocupe com isso”.

› FONTE: Abril


sem comentários

Deixe o seu comentário