Macaé News
Cotação
RSS

Suspeito de estuprar adolescente é preso em Macabu.

Publicado em 06/04/2014 Editoria: Cotidiano sem comentários Comente! Imprimir


Policiais da 158ª Delegacia de Polícia em Bom Jardim, na região serrana do Rio de Janeiro, prenderam o servente de pedreiro Adriano Gonzaga Pedro, vulgo Preto, na Rua Godofredo Guimarães Tavares, no Centro de Conceição de Macabu, na última quarta-feira (2).

Contra ele, havia um mandado de prisão por tentativa de homicídio de uma lavradora e estupro de sua filha, uma adolescente de 16 anos, praticados em 2006, em Bom Jardim, na região serrana. Por nunca ter sido identificado no inquérito que apura o caso, a qualificação só identificava o criminoso como Adriano, vulgo Preto, o criminoso permaneceu impune até a retomada do caso pela polícia.

A polícia identificou Adriano após cruzar dados de registros de ocorrência nos quais a dinâmica do crime tinha um padrão: o uso de foice em ameaças e tentativas de homicídio, o mesmo instrumento usado na tentativa de homicídio contra  a lavradora de Bom Jardim. Com a identificação feita, os policiais conseguiram chegar até o seu paradeiro. O mandado de prisão foi expedido no dia 27 de março deste ano pela Vara Única da Comarca de Bom Jardim. Contra o bandido, há 16 anotações criminais por porte de arma, lesão corporal, ameaças, tentativa de homicídio e estupro.

Ainda de acordo com a polícia, Preto assediava a adolescente de 16 anos e vivia rondando a casa da família. No dia do crime, ele a levou para um matagal, mas foi visto pelo irmão da menina, que jogou uma pedra no criminoso. A lavradora tentou defender a filha e foi atacada por Preto com uma foice. Adriano fugiu em seguida.

Ao ser preso em Conceição de Macabu, Adriano disse que estava indo para a casa de uma ex-companheira buscar ferramentas de trabalho. Na delegacia, ele foi reconhecido por duas testemunhas e pelas duas vítimas.
Ele foi encaminhado para o Complexo Penitenciário de Gericinó, em Bangu, na zona oeste do Rio.

› FONTE: Macaé News (www.macaenews.com.br)


sem comentários

Deixe o seu comentário